Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > Fórum analisa e discute programas de assistência ao educando
Início do conteúdo da página Notícias

Fórum analisa e discute programas de assistência ao educando

A segunda edição do evento aconteceu nos dias 11 e 12 de agosto no Campus Monte Castelo.
  • por Assessoria de Comunicação
  • publicado 18/08/2016 12h30
  • última modificação 18/08/2016 12h44

forum-pae-Com o objetivo de discutir a gestão dos Programas de Assistência Primária do Instituto Federal do Maranhão, a Diretoria de Assistência ao Educando (DAE) realizou nos dias 11 e 12 de agosto no Campus Monte Castelo o II Fórum de Avaliação e Planejamento da Assistência ao Educando. Nele, assistentes sociais e chefes dos Núcleos de Assistência ao Educando (NAEs) dos diversos campi participaram de amplo debate sobre a implementação da Política de Assistência ao Educando (PAE).

forum-pae-auditoria

No primeiro dia de evento, a chefe de Auditoria Interna, Socorro Lages, apresentou os pontos importantes da auditoria realizada nos programas Auxílio Alimentação, Auxílio Moradia e Auxílio Transporte de cinco campi. Temas como prestação de contas, acompanhamento de frequência e rendimento e repasse de benefícios foram debatidos para melhor alcance dos resultados a que se propõe os programas, que são a permanência e o êxito dos estudantes.

Em seguida, a diretora de Assistência ao Educando, Dayse Rocha, fez uma reflexão dos dois anos de aprovação da PAE, por meio da Resolução 064/2014, e da necessidade de avaliação da execução dos programas e de revisão do documento conforme o Artigo 49 preconiza. “Foram destacados pontos a serem avaliados e a metodologia a ser seguida, sendo formada uma comissão que estará à frente deste trabalho junto à DAE e aos campi”, ressaltou.

Durante o fórum, a assistente social da Diretoria de Assistência ao Educando, Graça Sousa, apresentou os resultados do levantamento da situação acadêmica dos estudantes que participaram dos Programas de Assistência Primária em 2015. Conforme os dados apresentados por 15 campi, na amostra de 3.237 alunos que receberam auxílio transporte, alimentação, moradia ou bolsa de estudos, 92% foram aprovados no ano letivo, 4% ficaram retidos em alguma disciplina, 2% reprovaram e 1 % evadiu o curso.

“Os números revelam o nível de eficiência dos Programas da Assistência, que não se limitam ao repasse de auxílios, mas a todo um trabalho multiprofissional de acompanhamento a estes alunos que possuem alguma forma de vulnerabilidade social”, considera Dayse Rocha.

forum-pae-dayse

No segundo dia, os participantes foram capacitados pela equipe da Diretoria de Gestão da Tecnologia da Informação (DGTI) no Módulo de Atividades Estudantis do Sistema Unificado de Administração Pública (SUAP). Este módulo possibilitará que a gestão dos Programas de Assistência ao Educando aconteça de forma informatizada, com a seleção de bolsistas, registro de atendimentos, emissão de relatórios e dados socioeconômicos dos alunos do IFMA disponíveis aos gestores e profissionais autorizados. Atualmente, o Campus Centro Histórico já utiliza o SUAP para selecionar os alunos para os diferentes auxílios.

Fim do conteúdo da página