Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Comunicação > Como fazer sugestões de pauta
Início do conteúdo da página

Como fazer sugestões de pauta

publicado 16/09/2015 18h01 | última modificação 26/09/2016 16h59

Alunos e servidores do IFMA podem sugerir pautas para, depois de analisadas pela Assessoria de Comunicação (Asscom), serem ou não publicadas em forma de notícia no portal institucional e/ou sugeridas para divulgação na imprensa. As matérias publicadas no portal são produzidas exclusivamente pela Asscom.

Às sextas-feiras, os jornalistas organizam uma lista de assuntos que serão divulgados na semana seguinte. Quando houver a possibilidade de algum membro da equipe de Comunicação fazer a cobertura no local do acontecimento, o ideal é que as sugestões sejam enviadas com antecedência.

Quando a cobertura for feita em São Luís, é preferível que as pautas sejam encaminhadas até a quinta-feira da semana anterior à ação ou evento. Já para ações realizadas no interior do Estado, é melhor que a sugestão seja enviada com, no mínimo, duas semanas de antecedência para que a viagem de um jornalista possa ser viabilizada.

Entenda o caminho que a informação percorre até virar notícia:

1. Sugestão de pauta

Preencha o formulário de sugestão de pauta com antecedência:

  • Se for em São Luís, no mínimo até a quinta-feira da semana anterior ao evento ou ação a ser realizada.
  • Se for no interior do Estado, pelo menos duas semanas antes do acontecimento.

2. Quando o fato vira notícia?

Critérios de noticiabilidade são os requisitos que aumentam as chances de um acontecimento ser noticiado. Os critérios de noticiabilidade utilizados pela Asscom são:

  • Atualidade: as notícias precisam tratar de fatos recentes e seus desdobramentos. É necessário que o assunto não demore a ser divulgado, para não perder a atualidade.
  • Novidade: é diferente da atualidade por se tratar de fato inédito. No contexto do IFMA, iniciativas inovadoras no ensino, pesquisa e extensão se encaixam nesse critério.
  • Abrangência: quanto maior o público e setores atingidos por um determinado acontecimento, maior a possibilidade de publicação.
  • Interesse público: diz respeito à relevância de uma determinada informação para o exercício da cidadania. Por se tratar de instituição pública, o IFMA tem o dever de divulgar os assuntos de interesse público relacionados aos seus serviços.
  • Visibilidade: ações que fortaleçam a imagem institucional do IFMA têm mais chances de se tornarem notícia no portal institucional ou outros meios gerenciados pela Asscom.

3. Análise

Depois de analisar a sugestão de pauta, a Asscom decide se ela será encaminhada para a produção da matéria e/ou release (texto jornalístico enviado para a imprensa).

4. Produção

As informações são apuradas por um jornalista, que também é o responsável por redigir a notícia. O material é editado e publicado no portal institucional e/ou encaminhado para a imprensa.

5. Distribuição do material produzido

Caso a Asscom decida pelo envio de release aos veículos de comunicação, o contato com a imprensa deve ser feito, preferencialmente, pelos jornalistas.

Atenção: toda cobertura é feita de acordo com a estrutura de Comunicação do IFMA. Algumas pautas podem não ser cobertas caso não haja condições para isso.

Importante

  • A comunicação não será usada para interesses que não sejam os da instituição.
  • A promoção pessoal de gestores e servidores não é permitida.
Fim do conteúdo da página