Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Cursos do Instituto Federal são os mais procurados do Enem no Maranhão
Início do conteúdo da página Notícias

Cursos do Instituto Federal são os mais procurados do Enem no Maranhão

  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 03/02/2010 15h00
  • última modificação 03/02/2010 15h00
Imprimir

A procura pelos cursos de graduação do Instituto Federal do Maranhão está intensa desde o primeiro dia de inscrições pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Dos dez cursos com o maior número de inscritos no estado, oito são do IFMA. De acordo com um levantamento do Ministério da Educação (MEC), até o dia 2 de fevereiro, quase 12 mil estudantes se inscreveram nos 24 cursos presenciais oferecidos pela Instituição via Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Nessa modalidade, foram disponibilizadas 950 matrículas, o que garante uma concorrência de 12,46 candidatos por vaga.

Biologia lidera a lista com 994 inscritos, seguido por Ciências Agrárias com 856 inscritos, Sistema de Informação com 831, Química com 768, Tecnologia em Alimentos com 689, Física com 647, Engenharia Civil com 619, Engenharia Mecânica com 590, Matemática com 525 e Engenharia Elétrica com 519.

Em relação aos cursos do Instituto Federal com as maiores notas de corte, ou seja, com o nível de candidatos mais elevado, os destaques são as Engenharias Civil (715,88), Elétrica (695,10) e Mecânica (685,62), além de Sistema de Informação (685,76), Biologia (666,08) e Matemática (642,46).

Novas graduações
Como parte do plano de expansão do Instituto Federal do Maranhão, este ano foram oferecidos cursos inéditos tanto na capital maranhense quanto no interior do estado. “Estas graduações estão tendo uma procura surpreendente”, destacou a reitora em exercício, Marise Piedade Carvalho.

Em Santa Inês, os cursos de Administração, Construção de Edifícios e Física tiveram quase 1.200 inscritos para 120 vagas. No Campus Codó, Ciências Agrárias, Matemática e Química receberam 998 inscrições. Em Buriticupu, as graduações de Gestão Pública e Biologia obtiveram 706 inscritos no Sisu.

O Campus Zé Doca totalizou 628 inscritos nos cursos de Tecnologia de Alimentos e Química. Em Imperatriz, foram 483 inscritos na graduação de Física. Em Alcântara, o curso inédito de Gestão de Turismo recebeu 463 inscrições, seguido de perto pelo curso de Artes Visuais, oferecido no Campus São Luís/Centro Histórico, com 449 candidatos inscritos.

Em Açailândia, foram 351 inscritos no curso de licenciatura em Química. No Campus São Luís/Maracanã, 1.545 candidatos concorrem a 80 vagas nos cursos de Ciências Agrárias e Tecnologia de Alimentos.

No Campus São Luís/Monte Castelo, que reúne oito cursos, o total de inscritos chegou a 5.493 para 320 vagas disponibilizadas nas graduações de Engenharia Civil, Elétrica e Mecânica, Sistema de Informação, Biologia, Química, Física e Matemática.

Às 23h59 (horário de Brasília) desta quarta-feira, 3 de fevereiro, o acesso dos participantes do Enem ao Sistema de Seleção Unificada terá sua primeira etapa finalizada. A matrícula dos candidatos selecionados será feita de 8 a 12 de fevereiro. A partir do dia 15 de fevereiro será iniciada a segunda etapa de inscrições, com as vagas remanescentes. O prazo será encerrado no dia 20 deste mês. Após as matrículas (de 23 a 26 de fevereiro), será aberta a etapa suplementar, de 1º a 3 de março, para a oferta das vagas que ficaram ociosas. O resultado será conhecido no dia 5 de março e as matriculas acontecerão de 9 a 12 de março.

registrado em:
Fim do conteúdo da página