Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Empossados novos conselheiros do Conselho Superior do Instituto
Início do conteúdo da página Notícias

Empossados novos conselheiros do Conselho Superior do Instituto

  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 14/04/2010 19h57
  • última modificação 14/04/2010 19h57
Imprimir
A posse do Conselho Superior do Instituto Federal do Maranhão foi realizada na noite desta terça-feira, 13, no auditório do Campus Centro Histórico. Figurado como órgão máximo de caráter consultivo e deliberativo, entre outras funções, o Conselho delibera e aprova o Plano de Desenvolvimento Institucional e a proposta orçamentária anual, as contas da instituição, autoriza a criação e extinção de cursos e também aprova as normas e coordena o processo eleitoral para a escolha do reitor e dos diretores gerais dos campi.

Assumindo o compromisso de desempenhar as funções que compete a cada um, ao todo, 16 conselheiros foram chamados pela secretária dos colegiados superiores, Rosali Micelli, para assinar a ata e o termo de posse.
posseEDT2 posseEDT4 posseEDT5
A solenidade foi marcada ainda pela entrega da medalha Ronald de Carvalho aos homenageados Celso Gonçalo, Raimundo de Sousa, Luis José da Silva, José Álvaro Costa, Luy Diego Diniz, Vespasiano de Abreu, Maria Freitas do Nascimento, Robert Silva, Francisco de Assis Filho e Rosaly Miceli, pelos inestimáveis serviços prestados à educação profissional e tecnológica no Maranhão. O reitor José Ferreira Costa recebeu a medalha das mãos da professora Valéria Carvalho, filha do professor Ronald, que prestou diversos serviços à sociedade maranhense, em várias instituições, especialmente na antiga Escola Técnica Federal do Maranhão, no período de 1947 a 1986.
posseEDT6 posseEDT7 posseEDT8 posseEDT9
Na oportunidade, José Costa, presidente do Conselho Superior, explicou o que é o Instituto Federal do Maranhão, expondo, por meio de imagens, o atual quadro da educação tecnológica na esfera federal, no Estado.
posseEDT1Segundo o reitor, o Instituto surgiu da integração de quatro autarquias, ou seja, o Centro Federal de Educação Tecnológica, a Escola Agrotécnica Federal de São Luis, a Escola Agrotécnica Federal de São Raimundo das Mangabeiras e a Escola Agrotecnica Federal de Codó – todas integradas na formação desta nova institucionalidade, que coordena o processo educacional tecnológico no Estado. “Com essa integração, surgiu não só uma nova organização administrativa e gerencial, mas também o grande plano de expansão dessa nova rede em todo o Maranhão”, enfatizou Costa, apontando no mapa os pontos de presença física do Instituto em diversas localidades, sem deixar de ressaltar o Centro de Ensino Técnico a Distância, que conta atualmente com 1.200 alunos matriculados e a Universidade Aberta do Brasil, que beneficia cerca de 800 estudantes.
Projetos sociais como o Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária – Pronera, executado em parceria com o Incra, e Mulheres Mil, em parceria com os Colleges Canadenses , também foram exibidos, mostrando que o Instituto está presente no interior do Maranhão, especialmente nas comunidades mais pobres.
O público presente também apreciou imagens virtuais dos futuros campi a serem construídos ou que já estão em andamento, como Barra do Corda, Barreirinhas, Bacabal, Santa Inês, São João dos Patos, Caxias, Açailândia e São Luis – Itaqui-Bacanga. “Não queremos ser o maior, mas o melhor Instituto, que vem para beneficiar aqueles que precisam de uma formação adequada para entrar no mercado de trabalho”, disse o reitor, para isso, segundo ele, a instituição conta com mais de 1.400 servidores na ativa. “Como presidente do Conselho, apresento a equipe que irá conduzir os destinos do Instituto Federal do Maranhão”, exprimiu.
registrado em:
Fim do conteúdo da página