Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Reitor recebe vencedora do concurso da marca visual do NEABI em ato solene
Início do conteúdo da página Notícias

Reitor recebe vencedora do concurso da marca visual do NEABI em ato solene

  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 20/12/2010 22h04
  • última modificação 06/03/2015 13h51
Imprimir

NEABICOMREITORA estudante Mayara Câmara Serra, vencedora do concurso da marca visual do Núcleo de Estudos Afrobrasileiros e Indiodescendentes (NEABI), foi recebida nesta segunda, 20, pelo reitor do IFMA, José Ferreira Costa.

 

 

De acordo com a aluna do curso de Edificações do campus Monte Castelo, a idéia básica da logamarca teve com ponto de partida o núcleo com a cor vermelha do IFMA. “Do núcleo partem dois braços estilizados – um indígena e um africanizado – que estão entrando (ou saindo) do nome NEABI”, sintetizou a vencedora.

Mayara Serra conquistou um notebook como prêmio, após disputar com 93 candidatos dos campi de Imperatriz, Monte Castelo e Maracanã. Porém não precisou de muito tempo para mostrar o seu talento. “Passei três dias para conceber e finalizar o projeto”, concluiu.

O reitor José Costa parabenizou a vencedora. “A idéia é muito boa, parabéns pelo trabalho e, agora, vamos começar a divulgar a marca”, disse o reitor que já lançou a idéia de um novo concurso para concepção da bandeira do Instituto Federal.

NEABI3O ato solene de tornar pública a vitória de Mayara Serra contou com a participação do prof. Batista Botelho, coordenador geral do NEABI, de Fernando Lima, pró-reitor de Extensão e Relações Institucionais, Roberto Brandão, pró-reitor de Planejamento e Administração, e de Regina Muniz, diretora geral eleita do campus Monte Castelo.

Participaram, ainda, da cerimônia, os professores Eduardo Melo (campus Barra do Corda), Socorro Botelho (Maracanã) e Dourival Santos (Maracanã). Eles integraram a comissão julgadora do concurso que foi presidido pelo prof. Miguel Veiga (Monte Castelo) e que contou com a participação, ainda, dos designers Deleon Macedo e Luciana Sousa, integrantes da Coordenadoria de Comunicação e Eventos do IFMA.

Desde o mês de maio, com a implantação NEABI, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) passou a buscar ações que efetivassem a Lei nº 10.639/2003, que tornou obrigatória a inclusão de História e Cultura afrobrasileira e africana, nas escolas públicas e privadas.

Segundo o coordenador geral do NEABI, professor Batista Botelho, o núcleo está se consolidando. “Vários campi já estão sinalizando que irão assegurar um espaço para a discutir a questão na Semana Pedagógica”, lembrou Botelho.

registrado em:
Fim do conteúdo da página