Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Pesquisa aplicada: Rede Federal e colleges canadenses trocam experiências
Início do conteúdo da página Notícias

Pesquisa aplicada: Rede Federal e colleges canadenses trocam experiências

  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 18/02/2014 20h54
  • última modificação 18/02/2014 20h54
Imprimir

professores canada-edtQuarenta e três pesquisadores de instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica estão no Canadá com o objetivo de ampliar conhecimentos em gestão e organização de ações de pesquisa aplicada articulada com o setor produtivo.

O professor Mariano Oscar Anibal Ibanez Rojas, do Campus Codó do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) – integra o grupo que embarcou no último sábado (15) e retornará ao Brasil no dia 15 de maio.

Durante três meses, eles desempenharão atividades em 19 colleges canadenses.

Além de vivenciar projetos e processos voltados a atender a demanda de mercado nas áreas tecnológicas, os servidores da Rede ficarão em contato direto com pesquisadores e empresas de referência mundial em pesquisa aplicada.

Para o presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Luiz Caldas, a mobilidade incrementa as ações da Rede e amplia as possibilidades de inovação. “Mais do que solidificar o processo de internacionalização da Rede, a aproximação a outros países incentiva a criatividade e a prática de ideias e soluções inovadoras. Ações dessa natureza, favoráveis à sociedade, estão presentes na essência dos institutos federais”, disse.

O secretário de Educação Profissional e Tecnológica, Marco Antonio de Oliveira, destaca que a política de inovação do governo federal prioriza a criação de novos processos e produtos visando o aumento da competitividade. “Temos aqui potencial e estamos valorizando nossos alunos e professores. Com o contato direto com o setor produtivo e laboratórios bem equipados teremos respostas para a sociedade”, concluiu.

A ação é resultado de parceria entre a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Conif e a Associação dos Colleges Comunitários Canadenses (ACCC).

Histórico

Em novembro de 2013 a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC), em articulação com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e com o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF), em conjunto, lançaram um Programa de bolsa para seleção de um servidor/pesquisador para cada Instituto Federal, CEFET e Colégio Pedro II.

Os servidores/pesquisadores selecionados deveriam ter uma destacada atuação em PD&I, para estágio com duração de três meses no setor de pesquisa aplicada nos Colleges canadenses vinculados à ACCC (Associação dos Colégios Comunitários Canadenses), com o objetivo de adquirir conhecimentos e competências na gestão e organização das ações de pesquisa aplicada articulada com o setor produtivo.

Para a escolha do servidor a instituição da Rede Federal deveria seguir os seguintes critérios: fluência na língua inglesa e/ou francesa; e experiência em coordenação de projetos de PDI nas áreas tecnológicas, preferencialmente com empresas, e destacada liderança na área.

Durante o estágio o servidor recebe inúmeros auxílios tais como: mensalidade de bolsa; auxílio instalação; seguro saúde; e auxílio deslocamento.

registrado em:
Fim do conteúdo da página