Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > IFMA inicia atividades em São José de Ribamar com capacitação digital
Início do conteúdo da página Notícias

IFMA inicia atividades em São José de Ribamar com capacitação digital

  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 21/08/2014 12h34
  • última modificação 21/08/2014 12h34
Imprimir

INA-VIDEOINA-carlos cesarO Instituto Federal do Maranhão (IFMA) iniciou as suas atividades em São José de Ribamar (MA) – área metropolitana da capital – nesta quarta, dia 20, com a realização da aula inaugural do curso de formação inicial em “Operador de computador”. A solenidade aconteceu no Liceu Ribamarense I e contou com a presença do pró-reitor de Planejamento e Administração do IFMA, Carlos César Teixeira, no exercício da reitoria; do prefeito da cidade, Gil Cutrim; de autoridades municipais e de servidores do IFMA. “O IFMA está dando um grande passo”, afirmou Carlos César Teixeira, reitor em exercício. “Estamos selando um compromisso com Ribamar para promover o desenvolvimento da cidade”, definiu. “A nossa responsabilidade é muito grande”, avaliou. “Esse é o momento de consolidação do campus como escola autorizada pelo Ministério da Educação”, esclareceu o diretor geral da unidade, Marco Goiabeira Torreão.

INA-geral2Com carga de 240 horas, o curso vai atender a sessenta alunos distribuídos em duas turmas e integra as ações do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). As aulas serão ministradas aos finais de semana, nos turnos matutino e vespertino, na escola municipal Humberto de Campos, e devem se prolongar até o final do ano. Jessivan costa Lopes, 19 anos, servidor da prefeitura, aposta na capacitação. “Eu atuo na área com uso de programas básicos”, revelou. “Nunca fiz nenhum curso de informática e essa vai ser uma oportunidade para aprimorar o conhecimento e aprender coisas novas” resumiu.

 

INA-SALA AULAEm 2015 serão oferecidos novos cursos de formação inicial através do Pronatec e do Programa de Educação de Jovens e Adultos até a realização de concurso público para ingresso de novos professores no quadro docente da instituição. “Projetamos oitenta vagas em cursos técnicos de nível médio e mais 240 pelo Pronatec para o próximo ano”, prosseguiu Torreão – nomeado para a direção geral da unidade há cerca de 50 dias pelo reitor Roberto Brandão.

A meta do Instituto Federal do Maranhão é concluir no próximo ano a construção da sede própria na área de mais 33 mil m², cedida pelo Município, no bairro Piçarreira. O campus está projetado com onze salas de aula, cinco laboratórios, um miniauditório, área de vivência, setor administrativo e setor pedagógico, com capacidade para atender cerca de 1.200 alunos por ano. “Para os alunos abre-se um leque no mundo do trabalho”, avaliou o prefeito Gil Cutrim. “Para muitas vidas, abre-se um futuro melhor”, prosseguiu. “Temos a esperança de que dias melhores virão”, concluiu. 

 

Para o pró-reitor de Extensão e Relações Institucionais do IFMA, Jairo Ives Pontes, o momento é histórico para o processo de expansão conduzido pelo reitor Roberto Brandão. “Trata-se de uma grande conquista para a população de São José de Ribamar e Paço do Lumiar” avaliou Jairo Ives. “Estamos prontos para apoiar o campus em todas as ações necessárias na extensão e relações com parceiros”, afirmou o pró-reitor. Ainda segundo Jairo Pontes, a Pró-reitoria já conta com cerca de 1.500 parceiros cadastrados para dar oportunidades de estágio aos estudantes da instituição. Para o diretor geral do novo campus, Marco Antonio Torreão, há muito tempo a comunidade ansiava por uma unidade do IFMA na região. “Agora já não será necessário o deslocamento até São Luís para estudar”, disse. “É uma vitória para toda a comunidade”, finalizou.

INA-MESAParticiparam da solenidade, também, o diretor de Desenvolvimento Institucional, Agenor Almeida; o coordenador geral do Pronatec no IFMA, Washington Conceição; a diretora de Assistência ao Educando, Dayse Araújo; os diretores gerais Madalena Neves (Rosário) e Gairo Garreto (Alcantara); as representantes da Pró-reitoria de Ensino Mariceia Lima (Diretoria de Ensino), Alice Cadete (Departamento de Políticas Especiais) e Viviane Araújo (Coordenadoria de Admissão de Alunos), além da secretária adjunta de Educação do município, Ilma Machado, de vereadores e da equipe de servidores do campus.

Cidade Digital

INA-palestraO eixo educacional prioritário do IFMA, em São José de Ribamar (MA), é área de informática, comunicação e processos industriais, para a inclusão do município no programa federal Cidades Digitais, do Ministério das Comunicações. “Esse treinamento vai melhorar a eficiência do atendimento da população e o acesso aos serviços do município”, avaliou Israel Menezes, coordenador do projeto no município. De acordo com o palestrante da noite, São José de Ribamar integra o projeto piloto aprovado em 2012 com outros 80 municípios do país. “Estamos finalizando a parte de implantação física e iniciando a parte de treinamento com o curso proporcionado pelo IFMA”, informou. “Com capacitação e inclusão, espero que até o final do ano possamos nos considerar cidade digital”, concluiu.

O objetivo do programa do Ministério das Comunicações é modernizar a gestão, ampliar o acesso aos serviços públicos e promover o desenvolvimento dos municípios brasileiros por meio da tecnologia. Consta a previsão de construção de redes de fibra óptica que interligam os órgãos públicos locais e disponibilização de aplicativos de governo eletrônico para as prefeituras, nas áreas financeira, tributária, de saúde e educação.  Capacitação de servidores municipais para uso e gestão da rede e oferta de pontos de acesso à internet para uso livre e gratuito em espaços públicos de grande circulação, como praças, parques e rodoviárias, constituem outras ações do projeto. Em 2013, o Programa Cidades Digitais foi incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal e conta, entre outros, com a parceria do Ministério do Planejamento, da Telebras, do Inmetro e do BNDES.

registrado em:
Fim do conteúdo da página