Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Professor do IFMA lança livro sobre etnografia de terreiro de mina
Início do conteúdo da página Notícias

Professor do IFMA lança livro sobre etnografia de terreiro de mina

  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 21/08/2014 19h18
  • última modificação 21/08/2014 19h18
Imprimir

LIVRO-CH copyGerson Lindoso é professor de português e inglês do IFMA – Campus Centro Histórico e estará nesta sexta-feira, 22, a partir das 19 horas, no Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho, na capital maranhense, onde fará o lançamento do livro “Ilê Ashé Ogum Sogbô: etnografia de um terreiro de Mina em São Luís do Maranhão”. A atividade integra a programação da Semana de Cultura Popular 2014.

Com selo das editoras “Café e lápis” e “Edufma”, a obra é um estudo antropológico sobre as religiões afro-brasileiras na atualidade, analisando através da etnografia o contexto afrorreligioso local, sua diversidade, pluralismos e peculiaridades.

O autor observa que o terreiro de mina São Jorge e Santa Bárbara (Ilê Ashé Ogum e Sogbô), liderado pelo babalorixá Airton Gouveia no bairro da Liberdade, em São Luís, tem como matriz afro principal o tambor de mina, de nações Jeje, Nagô e Cambinda, descendente da Casa de Iemanjá (de Jorge da Fé em Deus) e do extinto terreiro do Egito (fundado por africanos). “Ele apresenta no seu modelo ritual tanto elementos tradicionais dessa religião, quanto símbolos ressignificados e readequados ao dinamismo de qualquer religião”, revela o autor. Para ele, a prática da paramentação é “um exemplo que dá vazão a um novo modelo dessa vertente afrorreligiosa.”

Sobre o autor:
Gerson Lindoso é licenciado em Letras, bacharel em Jornalismo e mestre em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Maranhão. É coordenador do Grupo de Estudos Afro-Brasileiros e Culturais (registrado na Capes/CNPq) e desenvolve o projeto ‘Religiosidade Afro-Maranhense e Festas Populares’, com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Maranhão (Fapema).

Ele pesquisa religiões afro-brasileiras de modo sistemático, desde o ano de 2002, quando começou a pesquisar no terreiro de Iemanjá, no bairro da Fé em Deus, em São Luís. Segundo Gerson, ele “tem aprofundado olhares acerca da prática das vestimentas dos santos (entidades espirituais africanas, orixás e voduns), elementos da tradição e diversidade afrorreligiosa no Maranhão.

Agenda:
O quê ? Lançamento do livro ‘Ilê Ashé Ogum Sogbô: etnografia de um terreiro de Mina em São Luís do Maranhão’
Quando ? sexta-feira, 22.08.2014, a partir das 19 horas
Onde ? Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho. Endereço: Rua do Giz, nº 221, Centro Histórico (Reviver)
em São Luís (MA)
Autor: Gerson Carlos P. Lindoso
Editora: Café e lápis e EDUFMA
Ano: 2014

registrado em:
Fim do conteúdo da página