Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > IFMA promove abertura de seminário de pesquisa e inovação
Início do conteúdo da página Notícias

IFMA promove abertura de seminário de pesquisa e inovação

O Seminário de Pesquisa, Pós-Graduação, Inovação e Extensão (SEPPIE) acontece no IFMA Campus São Luís Maracanã de 5 a 8 de abril. A entrada é gratuita e aberta a toda a comunidade.
  • Andréia Lima
  • publicado 06/04/2016 13h06
  • última modificação 06/04/2016 13h10

Imprimir
Abertura_SEPPIE_2016 (8)

Cerca de 1000 estudantes se inscreveram nessa edição do SEPPIE.

Com o objetivo de promover um ambiente de interação e troca de experiências na área de pesquisa, ensino, extensão e inovação tecnológica, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) deu início às atividades do Seminário de Pesquisa, Pós-Graduação, Inovação e Extensão (SEPPIE). A abertura do evento aconteceu na tarde desta terça-feira (5), no auditório externo do IFMA campus São Luís Maracanã. Com o tema “Luz e conhecimento para vida: Inovando para Desenvolver”, o SEPPIE irá contar com uma extensa programação de oficinas, minicursos e exposições tecnológicas. A entrada é gratuita e aberta a toda a comunidade. A cerimônia de abertura encerrou com a apresentação do Bicho Terra.

Na mesa de abertura a Pró-Reitora de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PRPGI), e também coordenadora do evento, Natilene Brito, falou que o SEPPIE é uma oportunidade para alunos e servidores do IFMA apresentarem as suas pesquisas. “Esse é o momento em que os nossos alunos pesquisadores têm para mostrar para a comunidade de estudantes e docentes o que eles desenvolveram em seus projetos, numa forma de essa pesquisa não ficar engavetada em um relatório apenas”, disse a Pró-reitora.

Ela explicou ainda que o evento foi uma forma de apresentar à comunidade o crescimento do IFMA nas áreas de pesquisa e extensão. “O SEPPIE nasceu desse salto que o Instituto deu nas áreas de pesquisa e extensão. Hoje são 1032 bolsas de pesquisa. É bom saber que estamos contribuindo para melhorar o nosso estado”, contou Natilene Brito.

Representando o Pró-Reitor de Extensão do IFMA, Fernando Lima, a chefe do Núcleo de Extensão e Inclusão Social do IFMA, Rosifrance Machado, falou sobre as políticas de extensão do IFMA e leu uma mensagem que o professor Fernando Lima deixou para os participantes do SEPPIE. “Espero que vocês sintam-se acolhidos por nós do IFMA e saibam que eu não pouparei esforços para construir esse sonho dos IF’s”, disse Rosifrance, reproduzindo as palavras do Pró-reitor Fernando Lima.

A diretora do campus São Luís Maracanã, Lucimeire Castro, deu as boas-vindas aos participantes. “Esse é o maior evento, em número de pessoas, que o nosso campus já recebeu. Desejo dias de muita produtividade a todos”, declarou. Já o reitor, Roberto Brandão, agradeceu aos servidores que organizaram o evento e falou dos novos rumos para a pesquisa no Instituto. “Esse evento nos possibilita mostrar todo o potencial que nós temos nas áreas de pesquisa e extensão. E com a internacionalização que estamos promovendo vamos estabelecer um novo caminhar para essas pesquisas”, expôs o reitor.

O presidente da Fundação de Amparo à pesquisa do Maranhão (FAPEMA), Alex Oliveira, esteve presente na mesa de abertura e falou da importância de promover pesquisa no estado. “É uma honra enorme para a FAPEMA estar apoiando o SEPPIE, pois é uma experiência de promoção real da ciência e tecnologia no estado. Sabemos que as pessoas que se envolvem em um processo de pesquisa crescem como seres humanos e, também, como profissionais.”, disse o presidente da instituição.

Cerca de 1000 estudantes se inscreveram nessa edição do SEPPIE. São estudantes do ensino técnico, superior e de pós-graduação. Para o estudante Delano Filho, do curso de Eletro Eletrônico do IFMA campus Timon, será um momento de compartilhar informações. “O evento será uma oportunidade de conhecer pessoas diferentes com ideias novas e isso aumenta o nosso conhecimento de mundo”, disse o estudante. Ele vai apresentar pela 1ª vez uma pesquisa em um evento científico. O trabalho tem orientação do professor Isaque, do campus Codó, e conta com a participação de mais um estudante. Trata-se da concepção de um chuveiro elétrico mais econômico.

Abertura_SEPPIE_2016 (28)SEPPIE 2016 – O evento vai até sexta-feira (8) na área externa do IFMA campus São Luís Maracanã. Serão quatro eventos simultâneos: o Seminário de Iniciação Científica (Semic), o Encontro de Pós-graduação (ENPOSG), o Universo IFMA e um workshop promovido pela Pró-Reitoria de Extensão (Proext) do IFMA. A expectativa é que o Universo IFMA receba cerca de 1000 visitantes.

Entre as atividades do SEPPIE teremos: discussões sobre startups (empresas com baixos custos de produção, que crescem rapidamente e geram lucros cada vez maiores); nanotecnologia; robótica; empreendedorismo; desenvolvimento de jogos; mercado de games no Maranhão; Design Thinking e o Marco legal da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Um dos destaques do seminário será a realização da primeira edição do Universo IFMA.  Versão local da maratona nacional lançada pelo Instituto em 2014, trata-se de um ambiente criado nos moldes da Campus Party para incentivar o desenvolvimento de ideias inovadoras e pesquisa aplicada. O evento é composto pelo Desafio de Ideias (concurso de aceleração de startups), a Mostra Tecnológica (exposição de produtos, processos, protótipos e serviços inovadores desenvolvidos no IFMA) e a Exposição de Jogos.

Durante o Semic e o ENPOSG, estudantes do ensino médio à pós-graduação vão apresentar as suas pesquisas para a comunidade. No âmbito da iniciação científica, serão 30 trabalhos na modalidade oral e 127 na modalidade banner. Já entre as pesquisas da pós-graduação, serão 25 trabalhos na modalidade oral e 25 na modalidade banner.

Os projetos e ações de extensão do IFMA também terão espaço no Seppie, com o objetivo de compartilhar experiências desenvolvidas pelo Instituto e seus impactos nas comunidades. Serão 22 trabalhos na modalidade oral e 22 na modalidade banner.

Mais informações acesse o site do SEPPIE.

Confira aqui a programação.

 

registrado em:
Assunto(s): Extensão , Pesquisa , PROEXT , PRPGI , Seppie
Fim do conteúdo da página