Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Fórum discute qualidade das publicações científicas
Início do conteúdo da página Notícias

Fórum discute qualidade das publicações científicas

Em dois dias de evento, os participantes refletiram sobre a relevância de divulgarem seus trabalhos de pesquisa para a avaliação dos programas de pós-graduação
  • Augusto do Nascimento
  • publicado 27/10/2016 11h14
  • última modificação 27/10/2016 11h24
Imprimir

forum-pos-grad-3

Com o objetivo de estimular a qualidade da produção científica entre os alunos do IFMA envolvidos em atividades de pesquisa, a Pró-reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (PRPGI) promoveu o 1º Fórum de Pós-graduação, nos dias 10 e 11 de outubro (segunda e terça-feira), na sala Florise Pérola do Campus São Luís / Monte Castelo. Tendo o tema “A qualidade da publicação científica”, o evento organizado pelo Departamento de Pós-Graduação (DEPG/PRPGI) reuniu alunos e professores dos programas stricto sensu do Instituto, assim como estudantes de graduação com bolsas de iniciação científica (PIBIC Superior) e tecnológica (PIBIT).

forum-pos-grad-2

A chefe do DEPG, Dayana Delmiro, informou que o IFMA conta atualmente com dois programas de mestrado (Engenharia de Materiais e Química, este último iniciado no primeiro semestre de 2016), ambos no Campus Monte Castelo, reunindo 34 alunos. No entanto, há outras iniciativas voltadas para a qualificação de servidores, que compreendem as turmas de mestrados e doutorados insterinstitucionais (Minter e Dinter, respectivamente), desenvolvidos em parceria com outros centros de pesquisa. Sobre o tema do Fórum, Dayana Delmiro considerou que a qualidade da publicação científica é primordial para uma melhor avaliação dos programas de pós-graduação, baseada no modo como professores e estudantes têm publicado, bem como na relevância dos periódicos que divulgaram os estudos e pesquisas. “Esse evento vem no sentido de estimular tanto os docentes quanto os discentes nessa atividade da publicação científica, para consequentemente aumentarmos a nota dos programas que já temos”, disse a chefe do DEPG.

forum-pos-grad-4Segundo a pró-reitora Natilene Brito, os atuais desafios da pós-graduação do IFMA estão ligados à manutenção da qualidade dos cursos nesse nível de educação, em vista dos cortes orçamentários previstos para o próximo ano nos programas institucionais. “Precisamos ter uma série de ações para que a produção [científica] e todas as atividades sejam feitas para conseguir elevar ou manter a nota”, argumentou a gestora, considerando o prazo de três anos, após o qual os cursos oferecidos pelo Instituto voltarão a ser avaliados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC). Ela disse que os cursos poderão ser descredenciados caso não obtenham as notas requeridas para o funcionamento.

Natilene Brito informou que o Instituto se encontra em processo de aumentar a oferta de cursos de pós-graduação, com o envio recente de quatro propostas para novos mestrados. A gestora considerou ainda o desafio de manter a qualidade de mais esses cursos, caso sejam aprovados, frente à redução de orçamento. Dessa forma, o Fórum buscou discutir com os próprios alunos as formas de aproveitarem os trabalhos de pesquisa que desenvolvem para a elaboração da dissertação, no sentido de reverterem os estudos para a publicação científica. “Essas publicações têm que ter qualidade e estar em revistas de alto impacto, para poder nos ajudar na avaliação dos cursos”, disse a pró-reitora. Para ela, os alunos são importantes nesse processo, pois se não publicarem, em quantidade e qualidade, os cursos não conseguem boas notas nas avaliações.

O diretor-geral do Campus Monte Castelo, Claudio Leão Torres, considerou que eventos como o Fórum dão visibilidade à pós-graduação do Instituto. “É importante que os alunos percebam que a publicação de qualidade tem que ser a base dos programas de mestrado”, disse ele, referindo-se ainda à repercussão dos trabalhos em congressos e periódicos internacionais. Afirmando que os atuais cursos oferecidos pelo Campus estão consolidados, o diretor relatou a experiência do mestrado em Física, iniciado em 2015, o qual foi posteriormente descredenciado pela Capes, com os alunos da primeira turma formada remanejados para outra instituição de pesquisa.

forum-pos-grad-5“A temática do Fórum é significativa por envolver e dividir responsabilidades também com os discentes”, disse Déa Nunes Fernandes, chefe do Departamento de Pesquisa e Pós-graduação (DPPG) do Campus Monte Castelo. Ela ressaltou que o evento, ao reunir os envolvidos nos programas do Instituto para uma reflexão em conjunto sobre os aspectos da produção científica, contribuía com o esclarecimento de diversas questões e o incentivo aos pesquisadores para publicarem seus trabalhos, de forma a elevar as notas dos cursos de mestrado.

Programação

forum-pos-grad-6O físico Manoel Messias Ferreira Júnior, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), apresentou a palestra de abertura do Fórum de Pós-graduação, em que tratou da importância da publicação científica nos programas. Segundo o palestrante, as instituições de ensino e pesquisa têm os objetivos de formar pessoas e produzir conhecimento, sendo a qualidade dos egressos um indicativo da reputação da instituição como centro produtor de ideias. “A publicação científica é importante não apenas para a vida profissional do aluno, mas para a instituição”, disse Manoel Ferreira Júnior, informando que a qualidade da produção intelectual pode ser inferida por diferentes aspectos, como o fator de impacto do periódico em que o trabalho for publicado, bem como a geração de novas ideias e de políticas públicas que repercutam a partir da pesquisa desenvolvida por seus autores.

forum-pos-grad-1A programação do Fórum de Pós-graduação teve ainda: oficina de elaboração de um guia prático para a busca e gerenciamento de referências, com o engenheiro Thiago Palhares Farias (Campus IFMA São Luís / Maracanã); curso de redação de escrita científica, pelo físico Hênio Henrique Aragão Rego (Campus Monte Castelo); palestra com o químico Marcos Antônio Sabino Gutiérrez (Universidad Simón Bolívar/USB, na Venezuela) sobre as aplicações dos biomateriais e as perspectivas das pesquisas nesse campo desenvolvidas na América Latina; avaliação dos programas de pós-graduação por Luiz Júnior Pereira Marques (PRPGI), professor da área de Ciências Agronômicas; minicurso “Introdução ao Maple” (software de análise matemática), com o físico Jonathas Nunes da Silva (Universidade Estadual Paulista/Unesp, Campus Araraquara); e oficina de redação de patentes, com Antunes Norberto de Oliveira, chefe do Núcleo de Propriedade Intelectual (NUPI/PRPGI).

Fim do conteúdo da página