Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Mestrado do IFMA atinge 100 dissertações defendidas
Início do conteúdo da página Notícias

Mestrado do IFMA atinge 100 dissertações defendidas

Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais (PPGEM) iniciou suas atividades em março de 2005.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 06/04/2017 13h39
  • última modificação 06/04/2017 13h47
Imprimir

Com 12 anos de existência, completados em março, o Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais (PPGEM) do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) ultrapassou a marca de 100 dissertações defendidas. Por ano, mais de 60 pessoas se candidatam ao processo seletivo do programa.

Durante esse período, já passaram pelo programa alunos vindos de diversas instituições de ensino superior do Maranhão, servidores do IFMA e profissionais de grandes empresas existentes no Estado. O coordenador do PPGEM, o prof. dr. José Manuel Rivas Mercury, apontou o empenho dos estudantes que passaram pelo mestrado oferecido pelo IFMA. “Todas as dissertações são fruto de muito esforço individual e coletivo do grupo envolvido”, disse.

Entre as dissertações defendidas, destacam-se duas vencedoras do Prêmio Fapema (da Fundação de Amparo à Pesquisa e Desenvolvimento Científico do Maranhão). Em 2013, foi vencedora a dissertação “Propriedades físico-mecânicas do concreto de cimento portland contendo resíduo vítreo como agregado miúdo”, do pesquisador Edson Jansen Pedrosa de Miranda Junior, orientado pelo professor dr. Antônio Ernandes Macedo Junior. Em 2014, ganhou o prêmio a dissertação “Influência do Tamanho de Partícula e da História Térmica sobre a Cinética de Cristalização do Vidro de Dissilicato de Lítio (LS2)”, da estudante Leyliane dos Santos Everton, orientada pelo professor dr. Aluísio Alves Cabral Junior.

Órgãos de fomento – O vice-coordenador do programa, prof. dr. Marcelo Moizinho Oliveira, acentua a fundamental importância dos órgãos de fomento para os trabalhos desenvolvidos pelo PPGEM, dentre eles a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) e a FAPEMA, órgão de fomento local. “Tem sido também fundamental o apoio institucional por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação [PRPGI] do IFMA e do Departamento de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação [DPPGI] do Campus Monte Castelo para a permanência e manutenção do programa e no financiamento das pesquisas desenvolvidas”, comentou Marcelo Moizinho Oliveira.

O PPGEM tem ênfase nas subáreas de materiais metálicos e materiais cerâmicos e atua na linha de pesquisa Processamento e Caracterização de Propriedades dos Materiais. Na estrutura do programa, há Laboratório de Análise Térmica, Laboratório de Caracterização de Materiais Porosos, Laboratório de Ensaios Mecânicos, Laboratório de Processamento Cerâmico, Laboratório de Espectroscopia e Laboratório de Difração de Raios-X, entre outros equipamentos que auxiliam os estudantes a desenvolver suas pesquisas.

Fim do conteúdo da página