Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > Campus Santa Inês sedia 71ª Reunião do Colégio de Dirigentes
Início do conteúdo da página Notícias

Campus Santa Inês sedia 71ª Reunião do Colégio de Dirigentes

Nesta edição, o colegiado discutiu uma proposta de alteração às normas do processo seletivo unificado aos cursos técnicos.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 18/05/2017 20h32
  • última modificação 18/05/2017 20h32

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Santa Inês sediou, nessa quarta-feira (17), a 71ª Reunião Ordinária do Colégio de Dirigentes (COLDIR). O evento foi presidido pelo reitor do Instituto, professor Roberto Brandão. Na ocasião, os gestores da instituição discutiram resultados de grupos de trabalho e as propostas de modificações no processo seletivo para ingresso de alunos dos cursos técnicos.

A reunião foi iniciada com a apresentação das obras do Bloco B do Campus Santa Inês. O diretor-geral da unidade, professor Aristóteles Lacerda, exibiu um vídeo contendo imagens das etapas da construção do novo prédio. “Nós estamos aqui com o compromisso de melhorar o que nós já construímos. O desafio é alavancar ainda mais o desenvolvimento socioeducacional da região”, pontuou. Em seguida, os dirigentes foram convidados a visitar as obras.

Novo seletivo unificado

A pró-reitora de Ensino, professora Ximena Paula Bandeira Maia, apresentou considerações a respeito das normas de acesso à educação profissional técnica de nível médio. Segundo ela, entre os fatores que motivaram a pensar mudanças no seletivo estiveram a análise das experiências de outros tipos de processos praticados na Rede Federal e a percepção de que as normas vigentes remetem a um processo oneroso e demorado.

Em seguida, foi apresentada uma proposta de modelo que implicaria em análise de desempenho escolar em Matemática e Língua Portuguesa no histórico escolar, além da apresentação de uma declaração assinada pelo diretor da escola anterior atestando as médias aritméticas das notas solicitadas para cada tipo de candidatura (cursos integrados, concomitantes e subsequentes).

Um sistema unificado de inscrições também foi apresentado pelo diretor de Gestão em Tecnologia da Informação, William Mendes. Entre as principais melhorias destacadas, estão o aumento da acessibilidade e algumas intervenções explicativas do passo-a-passo da inscrição.

A professora Ximena lembrou que a proposta não é final. “Nós precisamos apresentar no Conselho Superior uma proposta de revogação da Resolução 80/2011 e propormos uma nova com esse novo formato”, ressaltou.

Identidade Funcional

Em outro momento, o grupo de trabalho sobre identificação funcional de servidores apresentou alguns encaminhamentos. O diretor de Gestão da Tecnologia da Informação (DGTI), William Mendes, e o chefe do Departamento de Recursos Humanos do Campus Codó, Antonio Veloso, descreveram como deverá funcionar a emissão de carteiras de identidade funcional.

A ideia é viabilizar a impressão das carteiras a partir da coleta das assinaturas e impressões digitais dos servidores. Uma primeira coleta e emissão de carteiras será feita inicialmente na Reitoria. Em seguida, serão feitos os ajustes necessários para reproduzir o processo nos campi.

Criação de um novo Instituto

O diretor-geral do Campus Grajaú, professor Alberto Gonçalves, compartilhou o andamento da reformulação do projeto que estava no Senado Federal desde 2013 sobre a criação de um segundo Instituto Federal para o Estado do Maranhão. O projeto foi reapresentado ao Setec Ministério da Educação (MEC) e está em processo avaliação.

Informes

Ao fim da reunião, alguns gestores aproveitaram a oportunidade para dar informes. Um deles foi o diretor-geral do Campus Caxias, professor João da Paixão, que anunciou o edital de seleção do curso de formação pedagógica para docentes. O objetivo é de capacitar professores que possuam somente formação em bacharelado ou tecnologia, mas não de licenciatura. O curso é presencial e destinado a servidores lotados nos campi Açailândia, Buriticupu e Santa Inês.

“Conforme a sugestão do pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, prof. Carlos César, nós resolvemos fazer do curso a primeira ação do Centro de Formação de Servidores do IFMA”, destacou. O Centro de Formação é um projeto resultante do Planejamento Estratégico do Instituto e prevê ainda a oferta de outros cursos de qualificação e capacitação também na modalidade a distância.

Seguindo a programação de informes, a chefe do Centro de Referência em Tecnologias (CERTEC), professora Simone dos Santos, divulgou o II Seminário de Educação a Distância, que ocorrerá de 22 a 24 de junho. Já a diretora de Assuntos Estudantis, Dayse Rocha, anunciou a realização dos Jogos do Instituto Federal do Maranhão (IV JIFMA), que tem os alunos como público-alvo. O evento será sediado pelos campi São Luís – Monte Castelo e São Luís – Maracanã de 28 de junho a 2 de julho. A pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação, professora Natilene Brito, também divulgou o II Universo IFMA, que começa no Campus Imperatriz a partir do dia 29 de maio.

Galeria de fotos

registrado em:
Fim do conteúdo da página