Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Editora IFMA lança os primeiros livros publicados pelo selo
Início do conteúdo da página Notícias

Editora IFMA lança os primeiros livros publicados pelo selo

A cerimônia de lançamento foi realizada no Campus Imperatriz e contou com a participação de autores das obras.
  • Jorge Martins
  • publicado 05/12/2017 17h08
  • última modificação 05/12/2017 17h09

Imprimir

Da esquerda para a direita: professores Gedeon Reis (presidente do Conselho Editorial), Natilene Brito (pró-reitora de Pesquisa), Saulo Cardoso (diretor-geral do Campus Imperatriz) e Daniel Duarte (diretor da UFMA Campus Imperatriz).

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) realizou, nessa segunda-feira (4), a cerimônia de lançamento dos quatro primeiros livros publicados pela Editora IFMA, que foi criada em outubro de 2016 com o objetivo de orientar toda a produção editorial realizada no Instituto. Também foram lançados dois números da revista de divulgação científica Acta Tecnológica. O evento ocorreu no Auditório Conceição Alvarenga, do Campus Imperatriz, e foi aberto à participação de toda a comunidade.

O presidente do Conselho Editorial do Instituto, professor Gedeon Reis, destacou que os livros lançados na noite dessa segunda-feira (4) estarão em breve disponíveis no formato digital para download gratuito no portal do IFMA. Ele lembrou ainda que a Editora trabalha por meio de editais que selecionam os trabalhos de estudantes e servidores da instituição. “Temos editais abertos não só para livros, mas também para apostilas. A ideia é formatar várias apostilas que deverão servir para aumentar a qualidade das aulas nos cursos técnicos”, pontuou.

Já o diretor-geral do Campus Imperatriz, professor Saulo Cardoso, saudou a escolha da unidade imperatrizense para o lançamento das obras e lembrou que há muitos alunos e servidores com potencial de publicar pela Editora IFMA. “Nós temos agora uma forma de apresentar em forma de publicação o que é produzido no Instituto”, comentou.

A pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (PRPGI) do IFMA, professora Natilene Brito, explicou que a consolidação de uma editora própria representa a força da instituição na produção do conhecimento. A gestora disse também que, além de livros científicos, haverá espaço para publicação de livros de contos, poesias, ficção científica, entre outros. “Na noite de hoje, todos os aplausos e holofotes são para os nossos autores”, comemorou.

Apresentação dos livros

O lançamento das obras contou com mini palestras conduzidas pelos autores de cada livro. O primeiro a falar foi o professor Alberico do Nascimento, um dos pesquisadores que assinam a publicação “PARFOR – Educação, Ambiente e Saúde: o percurso da pesquisa científica”.  Ele explicou que o livro foi escrito por 11 alunos do curso de licenciatura em Biologia pelo Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (PARFOR) e mais quatro professores do IFMA. “Esses alunos já eram professores e foram em busca de uma formação superior de licenciatura. Então essa publicação foi uma alegria enorme para eles, que saem do curso não só como professores, mas também como autores”, contou.

O professor Eliúde Moraes apresentou dois livros: “Projeto Sistemático de Contadores Assíncronos” e “Generalização do Método de Sarrus para Cálculo de Determinantes de Matrizes de Ordem Arbitrária”. O primeiro fala sobre um sistema que difere da maioria dos contadores digitais por fugir do modelo síncrono. “A gente abriu um leque de possibilidades de se projetar contadores digitais, que podem ser aplicados em aparelhos como relógios e semáforos”, explicou.

Já o segundo livro apresentado pelo professor Eliúde se destaca por ter sido o resultado de uma investigação sobre a ampliação de uma regra centenária da Matemática, a regra de Sarrus. “A publicação é uma resposta à pergunta de um dos meus alunos em sala de aula”, conta o docente. A dúvida do estudante era se o método de Sarrus só era válido para matrizes quadradas de ordem 3. O questionamento acabou levando o professor e sua equipe a criar uma forma de ampliar o uso do método para matrizes de qualquer ordem. “Com isso, a gente espera que essa atualização da regra chegue inclusive aos livros didáticos de matemática”, afirmou.

A obra “Neabi em foco: diálogo sobre as diversidades no IFMA” foi apresentada pela pedagoga Maria José de Sá. Ela contou que o livro foi escrito por oito autores que tiveram como objetivo mostrar um pouco da diversidade sócio-cultural maranhense. Segundo a pedagoga, cada um dos artigos explora um aspecto das culturas de povos indígenas e quilombolas do Maranhão. “São pouquíssimos os livros que falam sobre as culturas indígenas e quilombolas maranhenses, então o Neabi veio resgatar esses saberes para que sejam inclusive ensinados em sala de aula”, revelou.

Acta Tecnológica

A editora-chefe da revista científica “Acta Tecnológica”, professora Flávia Arruda, também esteve presente para lançar os números 10 e 11 da publicação. “Temos hoje uma boa equipe trabalhando para fazer com que a revista cresça. Sabemos como é importante que a gente tenha bons artigos publicados pelos nossos pesquisadores”, comentou. A professora Flávia também lembrou que as revistas podem ser acessadas no site da publicação.

registrado em:
Fim do conteúdo da página