Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > IFMA discute parceria para criar programas de intercâmbio
Início do conteúdo da página Notícias

IFMA discute parceria para criar programas de intercâmbio

Por meio de parceria com a Liaison America, o Instituto busca viabilizar projetos com universidades americanas.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 27/03/2018 16h24
  • última modificação 27/03/2018 16h24

Da esq. para a dir.: Tatiana Abreu (DIRI), Karla Oliveira (Liaison America), Kelly Queijo (Smart College), Ximena Maia (PROEN), Sandra Argo (Liaison America), Roberto Brandão (reitor), Rosifrance Machado (PROEXT), Virgínia Freire (DIRI), Helena Sales (DIRI) e Natilene Brito (PRPGI).

O reitor do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), professor Roberto Brandão, se reuniu nessa segunda-feira (26) com a presidente da empresa de educação internacional Liaison America, Sandra Argo, para discutir uma parceria que visa à colaboração entre o IFMA e instituições de ensino nos Estados Unidos. A proposta é viabilizar programas customizados de intercâmbio para professores e alunos de nível médio e superior, de acordo com as principais demandas da instituição. Também participaram da agenda a presidente do Smart College Group, a americana Kelly Queijo, e gestoras das áreas de ensino, pesquisa, extensão e relações internacionais do Instituto.

Segundo Sandra Argo, a Liaison America trabalha como mediadora entre instituições de ensino que possam desenvolver projetos conjuntos. A colaboração pode ocorrer tanto por meio da imersão de estudantes em projetos de educação internacional e transformação social, como pelo intercâmbio de professores numa perspectiva de inovação pedagógica. “Queremos encontrar a universidade que corresponda às demandas e oportunidades encontradas no IFMA”, comenta. Ela conta ainda que vem tendo experiências exitosas nesse sentido com outras instituições brasileiras, entre elas o Instituto Federal do Mato Grosso (IFMT).

Já a parceira da Liaison America e presidente do Smart College Group, Kelly Queijo, destacou suas expectativas quanto aos projetos que podem ser desenvolvidos no Maranhão. “Sempre que você reúne pessoas compromissadas que querem fazer a diferença com pessoas que podem facilitar a realização desses objetivos, a mágica acontece. Acho que esta parceria será uma excelente oportunidade para melhorar e empoderar professores, melhorando a vida dos estudantes”, pontua.

O reitor Roberto Brandão lembrou que a internacionalização do Instituto faz parte dos esforços empreendidos no âmbito do Planejamento Estratégico da instituição. “A ideia é estreitar relações com as instituições estrangeiras que a Liaison representa. Daí a provocação feita por mim de trazer para a reunião representantes das pró-reitorias de Ensino, Pesquisa e Extensão para demandá-las sobre o que nós podemos fazer na linha de atuação de cada uma delas”, explica.

A próxima etapa será a realização de reuniões com os setores de ensino, pesquisa, extensão e relações internacionais para o planejamento dos projetos que serão desenvolvidos.

Fim do conteúdo da página