Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Mestrado em Engenharia Mecânica do IFMA inicia atividades acadêmicas
Início do conteúdo da página Notícias

Mestrado em Engenharia Mecânica do IFMA inicia atividades acadêmicas

Aula inaugural foi realizada na segunda-feira (8) no IFMA Campus São Luís Monte Castelo
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 09/04/2019 17h49
  • última modificação 09/04/2019 17h55

Imprimir

Estudantes e professores participaram, no final da tarde de segunda-feira (8), da aula inaugural do mestrado acadêmico em Engenharia Mecânica ofertado pelo Instituto Federal do Maranhão (IFMA) – Campus Monte Castelo, em São Luís.

Primeiro mestrado na área no Maranhão, o programa tem concentração em Processos de Fabricação (linha de pesquisa Processos de Fabricação Mecânica) e Engenharia da Energia (linha de pesquisa Sistemas Energéticos).

Alex Oliveira (FAPEMA), Allan Kardec (UFMA), Cláudio Leão (diretor geral do IFMA Campus Monte Castelo), Agenor Almeida Filho (reitor do IFMA em exercício), Natilene Brito (pró-reitora de Pesquisa do IFMA), Valter Meneses (coordenador do mestrado em Engenharia Mecânica) e Fábio Figueiredo (UEMA)

A solenidade oficial de abertura das atividades acadêmicas do mestrado, ocorrida no auditório Florise Pérola, foi presidida pelo diretor executivo do IFMA, e reitor em exercício, Agenor Almeida Filho. “É um momento de alegria para todos nós”, afirmou.

“O mestrado parece um consórcio e vejo isso como uma forma muito benéfica, pois as parcerias servem para realizar as necessidades de forma mais rápida, intensa e efetiva”, prosseguiu. O programa do IFMA será realizado em parceria com a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).  Os professores da UFMA, Glauber Cruz e Jean Rodrigues, e da UEMA, Lourival de Sousa Filho, são permanentes do programa. “Eles irão ministrar aulas, bem como efetuar a orientação aos estudantes”, informou o coordenador do mestrado, professor Valter de Meneses.

Os doze primeiros mestrandos do programa de pós-graduação em Engenharia Mecânica do IFMA

Os 12 estudantes aprovados irão contar, no IFMA, com os laboratórios de Soldagens, de Energia e de Usinagem e, na UFMA, com o laboratório de processos e sistemas térmicos. Integram o quadro docente, no âmbito do IFMA, os professores Antonio Santos Júnior, Carmem do Nascimento, Keyll Martins, Mauro Medeiros, Valdemar Leal, Valdemir Martins e o coordenador Valter de Meneses.

 

Trajetória

Aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) no ano passado, o mestrado tem a sua história vinculada ao doutorado interinstitucional (Dinter) firmado há 10 anos, entre o IFMA e Universidade Federal de Uberlândia, sob a coordenação do professor Keyll Ribeiro. “A partir de então vários professores do departamento de Mecânica de Materiais cursaram o doutorado e isto se tornou o alicerce desse mestrado”, lembrou o coordenador Valter Meneses.  “O IFMA não tinha o quantitativo de pesquisadores necessários e buscamos firmar parceria com a UFMA e a UEMA, conseguindo êxito na aprovação”, prosseguiu.

“Temos êxito quando nos juntamos e isso é positivo”, avaliou a pró-reitora de Pesquisa e Inovação do IFMA, Natilene Brito. “O percurso não foi fácil, mas esse grupo é privilegiado e tem uma responsabilidade muito grande, por ser a primeira turma”, concluiu.

 

Para o diretor geral do IFMA Campus São Luís Monte Castelo, Cláudio Leão Torres, tudo se iniciou na década de 80 com o curso de licenciatura em Mecânica. “Isso nos lembra a verticalização do ensino, a partir dos cursos técnicos”, enfatizou. “É fruto de uma batalha, do trabalho do departamento de Mecânica”, prosseguiu. “É o quarto mestrado do campus e estamos lutando pelo mestrado em Engenharia Elétrica”, pontuou.

O professor Fábio Figueiredo da UEMA afirmou constatar um grande potencial no novo programa de pós-graduação “Isso mostra como é importante a parceria entre as instituições”, afirmou. O pró-reitor de Pesquisa da UFMA, Allan Kardec Barros afirmou que “o IFMA, a UFMA e a UEMA estão invertendo a lógica de que temos uma submissão à lógica liberal de que não podemos investir em ciência e tecnologia”.  “O Maranhão terá um papel fundamental no cenário que se avizinha, pela localização privilegiada de Alcântara, pelas condições especiais do porto do Itaqui e ferrovia”, continuou. “ Acreditamos que temos força e articulação para levar o Maranhão à sua vocação de vitória”, finalizou.

“Temos expectativas muito positivas e temos um quadro de professores qualificados para auxiliar no desenvolvimento de nosso estado”, afirmou o coordenador do curso, professor Valter Meneses. “Estamos à disposição do estado e das empresas, de coração aberto, para realizar pesquisa pura e pesquisa aplicada, com contribuições positivas”, prosseguiu. “Sinto-me muito feliz, pois é um momento muito importante para nós e para o estado do Maranhão”, concluiu.

 

Aula inaugural

A aula inaugural foi ministrada pelo presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA), Alex Oliveira, no auditório Florise Peróla.

Doutor em Urbanismo pela Universidade Paris Est, mestre em Desenvolvimento Urbano pela Universidade Federal de Pernambuco e arquiteto e urbanista pela Universidade Federal da Paraíba, Alex Oliveira, abordou o tema “Projetando futuros possíveis: para produção de espaços, bens e produtos na era da economia cognitiva”.

Alex Oliveira tem, ainda, formação técnica em Edificações pela antiga Escola Técnica da Paraíba.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página