Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Atriz premiada nacionalmente coordena workshop
Início do conteúdo da página Notícias

Atriz premiada nacionalmente coordena workshop

Atividade integra o processo de criação do novo espetáculo do Núcleo de Pesquisa e Práticas Teatrais Deux ex Machina do IFMA Campus Bacabal com previsão para estreia ainda neste ano.
  • Cláudio Moraes
  • publicado 24/05/2019 17h24
  • última modificação 24/05/2019 17h29

Imprimir

Proporcionar uma experiência prática com a interpretação teatral e construir um repertório corporal a partir da presença cênica aos estudantes integrantes do Núcleo de Pesquisa e Práticas Teatrais Deux ex Machina do IFMA Campus Bacabal. Esse foi o objetivo do workshop de interpretação teatral realizado nos dias 21 e 22 de maio no IFMA Campus Bacabal, sob condução da atriz e professora Flávia Teixeira.

Flávia Teixeira é atriz e educadora formada pela Escola de Arte Dramática da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo e pelo Núcleo Experimental de Teatro do SESI paulista.

Ela trabalhou como educadora no programa “Fábrica de Cultura” do governo de São Paulo. E entre seus trabalhos recentes estão os espetáculos “Tríptico Sertanejo”, “CHULOS” da Dual Cena Contemporânea, “6 Gritos para o infinito” (direção de Gabriela Carrafa) e “Cabras – cabeças que voam, cabeças que rolam” da Cia de Teatro Balagan, espetáculo ganhador do prêmio Shell de melhor música de 2016.

O workshop teve como alvo, também, enriquecer o processo de criação do novo espetáculo do núcleo, com previsão para estreia no segundo semestre deste ano. O núcleo foi criado em 2017 por Leandro Lago, Mestre em Artes Cênicas pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) e professor de Artes do campus.

Deux ex Machina (que pode ser literalmente traduzido como “Deus surgido da máquina”) possibilita aos estudantes conhecerem a língua artística teatral aliando teoria e prática. O grupo fez muito sucesso durante o 2º Encontro de Arte (2º ENARTE) do IFMA, promovido pela instituição, em dezembro, no Campus São Luís Monte Castelo, com a performance “Morte e Vida Severina”.

Inspirada na obra regionalista e modernista, publicada de João Cabral de Melo Neto, publicada em 1955, a performance relata a dura trajetória de um sertanejo em busca de uma vida melhor na capital pernambucana.

Fim do conteúdo da página