Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Programa Bolsa Permanência para estudantes indígenas e quilombolas está com inscrições abertas
Início do conteúdo da página Notícias

Programa Bolsa Permanência para estudantes indígenas e quilombolas está com inscrições abertas

Inscrições podem ser feitas até o dia 30 de agosto. São 4 mil vagas ao todo.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 03/07/2019 18h20
  • última modificação 04/07/2019 11h04
Imprimir

Está aberto o período de novas inscrições para o Programa Bolsa Permanência, do Ministério da Educação (MEC). A Portaria MEC nº 1.240, de 1º de julho de 2019, que autorizou novas inscrições, permite que estudantes indígenas e quilombolas matriculados em cursos de graduação presencial ofertados por instituições federais de ensino superior se inscrevam no período de 02 de julho a 30 de agosto por meio do Sistema  de Gestão da Bolsa Permanência- SISBP. Clique aqui. O valor da bolsa é de R$900,00 mensais, e o Programa oferta ao todo 4 mil vagas.

O candidato deverá acessar o sistema, realizar o cadastro, anexar a documentação obrigatória e preencher o questionário.  Para se inscrever, o estudante indígena ou quilombola deverá anexar ao seu cadastro autodeclaração do candidato; declaração da comunidade do candidato; declaração da FUNAI (se indígena) ou da Fundação Palmares (se quilombola) e  termo de compromisso do bolsista.  Todos os documentos devem estar assinados com local e data de 2019. Toda documentação também deverá ser encaminhada, no formato original, via protocolo à Diretoria de Assuntos Estudantis da Pró-reitoria de Ensino (DAE/PROEN), para que a inscrição seja confirmada.

Após o período de inscrição dos estudantes, as instituições de ensino superior terão até 30 de setembro para analisar e autorizar os cadastros considerados aptos nos termos da Portaria Mec nº 389, de 09 de maio de 2013.

Importante:

Os estudantes que já são participantes do Programa Bolsa Permanência inscritos em 2018 não precisam se inscrever novamente.

Para se inscrever no Programa Bolsa Permanência, o estudante deve comprovar que reside em comunidade indígena ou quilombola.

Confira os modelos dos formulários para preenchimento.

Indígenas

Quilombolas

Assista ao vídeo da TV MEC.

 

 

registrado em:
Assunto(s): Bolsa Permanência , IFMA , MEC
Fim do conteúdo da página