Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > IFMA inicia atividades nas antigas instalações da EBC no Maranhão
Início do conteúdo da página Notícias

IFMA inicia atividades nas antigas instalações da EBC no Maranhão

As instalações serão utilizadas para produção de conteúdo de educação a distância e outros projetos estratégicos do Instituto.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 04/02/2020 19h03
  • última modificação 04/02/2020 19h08

Imprimir

A partir dessa segunda-feira (3), o prédio da EBC passou a sediar o Centro de Referência Tecnológica do IFMA.

A última segunda-feira (3) foi marcada como o dia em que o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) começou a operar parte de suas atividades nas instalações onde funcionava a regional Maranhão da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Após o Governo Federal determinar o encerramento das atividades da TV Brasil no Estado, o IFMA recebeu a cessão de uso da estrutura física e equipamentos da estatal. O prédio está localizado no Bairro de Fátima, em São Luís, e passa agora a sediar o Centro de Referência Tecnológica (CERTEC), responsável pela educação a distância do Instituto. A nova etapa foi celebrada em um evento que contou com a participação de gestores do IFMA e dos novos colaboradores.

Um total de 85 servidores e empregados públicos da EBC foram movimentados para o IFMA, e a maioria deles continuará trabalhando no prédio onde agora funciona o CERTEC. “Nós vamos passar por um processo de análise de perfil das atividades que essas pessoas já executavam e tentar adequar às novas funções da melhor forma possível, de forma que a gente possa aproveitar o potencial que existe em cada um para esse novo momento de desenvolvimento das atividades”, comentou a diretora do CERTEC, professora Simone Santos. As mesmas instalações também vão abrigar o polo de educação a distância do IFMA em São Luís.

Atualmente, o Instituto atende uma média de seis mil alunos na modalidade EAD e possui polos de educação a distância credenciados em 70 municípios maranhenses. “Com essa estrutura adquirida de instalações físicas, de equipamento e de pessoal, espera-se que nós possamos desenvolver de uma forma mais aperfeiçoada as atividades EAD”, pontua Simone Santos. A estrutura do estúdio de TV será utilizada para produção de videoaulas, além de conteúdos audiovisuais dos projetos estratégicos IFMA Digital, TV IFMA e Rádio IFMA.

O reitor do Instituto, professor Roberto Brandão, participou do início das atividades na nova sede do CERTEC. Ele relembrou a evolução das negociações com a EBC – que primeiramente diziam respeito à movimentação dos servidores, mas acabaram evoluindo para a cessão de uso do prédio e agora a transferência da gestão dos contratos da unidade. “Os projetos estão colocados aí para que melhoremos o alcance da nossa educação a distância. O alcance no sentido pedagógico, no sentido até mesmo das distâncias e também da inclusão de novos profissionais que vêm nos ajudar para que isso aconteça”, destacou o reitor.

Entre os servidores que recentemente passaram a trabalhar no IFMA está Leda Nascimento, que era produtora da TV Brasil. Ela conta que já atua na emissora desde 1973, quando o canal ainda se chamava TV Educativa e o foco principal era produção de videoaulas. “E agora, de certa forma, volta a ser a mesma coisa que começamos, que é o ensino a distância”, contou. Ela revelou ainda que a equipe está aberta para contribuir com o projeto do Instituto. “A gente sempre admirou muito o IFMA e eu espero continuar admirando agora que eu estou de perto”, destacou.

Além da presença do reitor, o dispositivo de honra do evento também contou com as presenças dos pró-reitores de Administração, Washington Luis Conceição; de Ensino, Ximena Bandeira Maia; de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação, Natilene Brito; e de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Carlos César Ferreira; e do coordenador de programação da EBC no Maranhão, Gabriel Oliveira. As atividades do dia incluíram o descerramento da placa e uma visita ao estúdio de gravação.

registrado em:
Fim do conteúdo da página