Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > MedioTec abre as portas ao mercado de trabalho e ao ensino superior
Início do conteúdo da página Notícias

MedioTec abre as portas ao mercado de trabalho e ao ensino superior

  • Assessoria de Comunicação com informações do campus
  • publicado 07/02/2020 16h48
  • última modificação 07/02/2020 18h16

Imprimir

O município de Caxias, localizado a cerca de 370 quilômetros de São Luís, contribuiu para a formação de acervo histórico e cultural que integra o Polo Turístico Cocais. Além disso, o município apresenta grande potencial para o desenvolvimento do turismo de eventos. Essa atividade incentiva a economia local, com geração de emprego e renda e beneficia a população local com a criação da infraestrutura necessária para a realização de eventos científicos, profissionais e culturais ou de consumo e entretenimento.

Foi nesse contexto que o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Caxias iniciou, em 2018, a oferta do curso técnico em Eventos na forma concomitante ao Ensino Médio, na modalidade a distância, no âmbito do MedioTec, em parceria com o Centro de Referência Tecnológica (Certec). “Os demandantes consideraram as necessidades apresentadas pelo mercado de trabalho local, tendo em vista a empregabilidade dos alunos e a melhoria da qualidade dos serviços oferecidos no setor em âmbito local e regional”, lembrou o diretor-geral do Campus, João da Paixão Soares.

Após a apresentação do Projeto Integrador e divulgação da relação de concludentes, os estudantes aguardam a solenidade de certificação, prevista para ocorrer no dia 19 de fevereiro. “Assim como os estudantes e seus familiares, nós aguardamos ansiosos para apresentar os novos técnicos em Eventos a Caxias e região”, confessou Luís Morais, coordenador adjunto local do Pronatec. “Estamos prestes a formar profissionais para atender às demandas do setor produtivo e do desenvolvimento socioeconômico e ambiental de Caxias”, frisou Luís Morais.

 

Inserção no mercado

No projeto de referência do curso, o Técnico em Eventos pode atuar em empresas de eventos, meios de hospedagem, cruzeiros marítimos, restaurantes e bufês dentre outros espaços do setor.

“Nós observamos que vários alunos já estão conseguindo inserção no mercado de trabalho, mesmo antes de estarem com o certificado em mãos”, assinalou Luís Morais. “É gratificante ver o resultado de toda os esforço e dedicação da equipe do MedioTec”, ressaltou Simone Santos, diretora geral do Certec.

 

Decoração

Um dos exemplos de inserção no mercado de trabalho é a estudante Ingrid Camila Silva, que atua na área de decoração de ambientes. “Nesse momento, minha dedicação é na área de ornamentação, mais restrita a familiares e amigos”, disse Ingrid. “O mercado existe e podemos permanecer”, afirmou. “ Meu próximo evento será uma festa em março”, informou. “Para dar oportunidades aos meus colegas de curso, sempre busco convidá-los para me ajudar nos eventos”, pontuou.

Atualmente, Ingrid também se dedica ao curso de Ciências Sociais na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). “Agora, vou focar no meu curso superior, mas daqui a dois ou três anos, pretendo abrir minha empresa”, disse. “Não vou fazer agora porque sei que um empreendimento precisa de muita dedicação e tempo”, frisou.

Alinhando os conhecimentos de informática com marketing e empreendedorismo, Ingrid explica como realiza as etapas de planejamento de seus eventos. “Uso de planilhas no Excel para saber o quanto irei gastar, depois começo a pôr a mão na massa e pesquisar o real valor de tudo”, assinalou. “Na etapa seguinte, começo planejando a partir do tema, depois defino qual serão as cores chaves e assim por diante”, explicou. “Como faço o que gosto, tudo se torna fácil”, concluiu a aluna.

Verticalização do ensino

Ao concluir o curso técnico em eventos, que pertence ao eixo tecnológico de turismo, hospitalidade e lazer, muitos estudantes pretendem seguir para uma graduação na área. “Eu já fui aprovada para o curso de Letras na UEMA, mas vou tentar design interiores, pois me identifiquei muito com a área de decoração, cores e formas”, afirmou a aluna Eline Sousa.

Destaque

Durante o curso, os estudantes contaram com Dinara Lobo, que atuou como professora mediadora do curso. Além de professora, Dinara tem uma empresa no ramo assessoria e cerimonial em Caxias e há mais de 10 anos atua na área. Observando a atuação dos alunos, a professora conta que resolveu convidar a aluna Thais Azevedo para integrar a equipe de sua empresa. “Durante os eventos que os alunos do curso participaram como monitores, quem mais me chamou atenção e tem o perfil da minha empresa foi Thais”, disse.

Empreendedorismo

A aluna Yasmin Silva Saraiva resolveu atuar na área, mas sendo a dona do próprio negócio. “Sabia que o objetivo do curso era para atuarmos em empresas, mas eu preferi tentar meu próprio negócio”, disse. Nos eventos que organiza, Yasmin divide as tarefas com sua mãe Maria Artemiza Silva. “Eu sou a responsável por projetar, planejar e organizar, ou seja, fico com a organização do evento em si, desde a decoração até o cerimonial”, destacou. “Já minha mãe fica com a parte dos alimentos e bebidas e do buffet”, acrescentou.

“É uma parceria que deu certo”, comemora a mãe de Yasmin, Maria Artemiza Silva. “Nosso próximo passo é focar no marketing digital nas redes sociais”, destacou Maria Artemiza.

Durante o curso, Yasmin, por exemplo, atuou em vários eventos como mestre de cerimônia. “Aprendi muito com essa atuação, mas foi nessas práticas que me encontrei”, disse. Para o futuro, ela afirma que pretende seguir com o empreendimento, mas quer um curso superior em área diferente. “Pretendo cursar Pedagogia, mas sem abrir mão do meu negócio, pois quero, na verdade, expandi-lo”, ponderou.

Oportunidades

“Alguns egressos seguirão atuando na área, enquanto outros não e alguns vão cursar curso superior porque querem aprofundar o que aprenderam no curso; mas o fato é que conseguimos formar excelentes profissionais”, comemora a coordenadora do curso, Vanessa Bastos. “Nesse período de oferta, cada um se identificou com uma área dentro do curso, como cerimonial, marketing, protocolo, etiqueta, decoração e ambientação. O que vale, ao final, é exercer uma profissão que gosta”, ponderou a coordenadora.

“Só pra citar outros exemplos, temos o aluno Matheus Mendes que se apaixonou pela fotografia; a aluna  Larissa Kerly, que é jornalista e trabalha com cerimonial da igreja, e Natasha Morais, que por ser aluna do campus do curso de Matemática, sempre colabora com a organização dos eventos dessa licenciatura, a exemplo do último Papmen”, disse Vanessa Bastos. “Em todo o curso, apesar das limitações, incentivamos as práticas de modo a alcançar o objetivo de ampliar e diversificar as oportunidades educacionais e a oferta de educação profissional e tecnológica”, concluiu Vanessa.

 

Sobre o MedioTec

 

 

O curso de Eventos foi ofertado no âmbito do MedioTec, ação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), do Ministério da Educação (MEC). A iniciativa ofertou cursos de educação profissional técnica de nível médio na forma concomitante para os alunos da rede pública estadual de educação, matriculados no Ensino Médio regular. As vagas foram custeadas pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec/MEC), por meio da Bolsa Formação.

Dentre seus objetivos, a ação tem a missão de garantir que o estudante do Ensino Médio, após concluir essa etapa de ensino, esteja apto a se inserir no mundo do trabalho e renda.

O IFMA iniciou a oferta de 4.500 vagas em 28 cursos técnicos a distância por meio de 14 campi. O Campus Caxias ofertou, em parceria com o Centro de Referência Tecnológica (Certec), os cursos técnicos em Eventos e Informática, nos Polos Aldeias Altas, Caxias e Senador Alexandre Costa.

registrado em:
Fim do conteúdo da página