Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Pesquisadoras de curso Técnico do IFMA Porto Franco participam de eventos científicos nacionais
Início do conteúdo da página Notícias

Pesquisadoras de curso Técnico do IFMA Porto Franco participam de eventos científicos nacionais

O EnANPAD  e o SemeAd são eventos prestigiados no âmbito da Ciência da Administração  
  • Cláudio Moraes
  • publicado 24/11/2020 21h27
  • última modificação 25/11/2020 08h01

Imprimir
Estudantes do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Avançado Porto Franco, orientadas pelo Prof. Lindemberg Júnior, obtiveram aprovações de artigos para apresentação e publicação em dois importantes eventos científicos do Brasil.

Katarina Andrade Rodrigues, do 3° ano integrado ao curso Técnico em Administração, foi aprovada no 64º Encontro da ANPAD (EnANPAD 2020) com o artigo intitulado “A imagem organizacional do Instituto Federal do Maranhão: um estudo na perspectiva dos estudantes”.

 

O evento, que aconteceu no mês de outubro, é considerado o segundo maior da área de gestão e negócios do mundo e o maior da América Latina. “É um privilégio ter um trabalho aprovado em um evento como esse”, comemorou a estudante. “Agradeço ao meu orientador, Lindemberg Júnior, e ao IFMA Campus Avançado Porto Franco por me conceber a oportunidade de realizar esta pesquisa”, prosseguiu.

Confira o site do evento (ENANPAD 2020 neste link)

 

A outra pesquisa foi desenvolvida por Evellyn Christynne de Souza Sampaio, também estudante do 3° ano, integrado ao curso Técnico em Administração. A pesquisa intitulada “Personalidade da marca de destinos e sua relação com o critério de escolha da Chapada das Mesas por parte dos turistas” foi aprovada no Seminário em Administração (SemeAd) da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (USP).

 

O evento vai acontecer, no formato online, durante os dias 25, 26 e 27 de novembro. O mesmo é organizado anualmente e tem um importante papel no intercâmbio e discussão da produção científico-tecnológica desenvolvida na área de administração no Brasil e no exterior. “Meu artigo foi aprovado em um dos maiores eventos científico de gestão e negócios do país”, celebrou a estudante. “O sentimento é de realização, pois percebi que todo o esforço, tempo e dedicação doados valeram à pena”, assinalou. “Além disso, participar de um evento como este pode ainda mais expandir o nosso conhecimento a partir das pesquisas feitas”, concluiu.

 

Link da programação no SemeAD: http://login.semead.com.br/23semead/PRGRAMACAO-V4.pdf

 

O professor Lindemberg Júnior, novo diretor do campus, empossado na sexta-feira, 20/11, relata que as aprovações foram significativas para o IFMA e, em especial, para Porto Franco. “O campus não possui cursos superiores, portanto trata-se de duas estudantes de Ensino Médio concorrendo com mestres e doutores do mundo inteiro”, relatou o professor. “Foi um feito incrível e estou muito orgulhoso das minhas bolsistas”, prosseguiu. “Partindo de projetos de iniciação científica, produziram dois excelentes artigos científicos”, concluiu Lindemberg.

 

Lindemberg já havia orientado outra monografia, em Buriticupu, que conquistou reconhecimento nacional: “Atributos de qualidade dos candidatos ao poder executivo municipal: análise na visão dos eleitores buriticupuenses. A sua orientanda, no curso de Tecnologia em Gestão Pública do campus, Leonilde Silva, venceu há três anos, o 15º Prêmio Excelência Acadêmica, realizado pela Fucape, que lhe rendeu uma bolsa integral do mestrado em Administração na instituição.

Também, em  Buriticupu, o professor Lindemberg orientou a monografia, para conclusão do curso de Tecnologia em Gestão Pública da estudante Sueila Viana. A pesquisa deu origem ao artigo científico “Atributos de qualidade nas instituições públicas de ensino: na visão dos discentes/egressos de escolas Federal e Estadual”.

No ano passado, o artigo foi selecionado e divulgado no 63º Encontro da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Administração (EnAnpad), realizado em São Paulo. A pesquisa foi apresentada no evento pelo professor orientador, em sessão oral que contou com outros quinze trabalhos sobre gestão de serviços públicos de todo o país.

Releia a matéria sobre as pesquisas de Buriticupu que foram destaque, neste link.

Chapada das Mesas: um local excitante

O estudo desenvolvido por Evellyn Sampaio, do IFMA Porto Franco, teve como objetivo identificar o critério de escolha de turistas ao decidir viajar para o Parque Nacional da Chapada das Mesas, localizada na região na região sul do Maranhão.

 

A área protege 160.046 hectares de cerrado e o seu nome se originou dos seus paredões de rocha de arenito em formas de platôs que se assemelham a mesas de pedra, esculpidas pela própria natureza há milhões de anos.

 

Informações apresentadas na pesquisa apontam que o local recebe aproximadamente 100 mil turistas por ano, com uma taxa de ocupação próxima de 100% dos hotéis e pousadas do município de Carolina.

 

A pesquisa buscou, ainda perceber a relação entre o critério de escolha dos turistas e a personalidade da marca de destinos; verificar os traços que constituem a personalidade da marca de destinos na visão de turistas; e identificar o grau de relevância de diferentes fontes de informações utilizadas por turistas na busca por um destino turístico.

 

Os resultados sugerem que a Chapada das Mesas é considerada um local excitante, muito por conta da beleza do local.  O estudo aponta que essa dimensão (excitação) está associada à originalidade, ousadia e o quanto emocionante é o destino. Outra qualidade do local, de acordo com os turistas, é a sua sofisticação, relacionada a elitismo, alta classe e estilo elegante e glamouroso.

 

“Acreditamos que esse resultado decorre da beleza natural das Chapadas das Mesas e de todas as experiências emocionantes visuais ou construídas”, avalia a estudante Evellyn Sampaio em seu artigo científico.

 

 

E, para buscar maiores informações sobre o local de destino, os turistas se baseiam na opinião de amigos e familiares e também de pessoas confiáveis que já visitaram o local. ´

 

O estudo constata, ainda, que a que a internet é um importante canal de informação sobre o destino, por conta da exibição de fotos e de comentários de turistas com experiência prévia no local turístico.

 

Metodologia

O trabalho adotou uma metodologia quantitativa. A coleta de dados ocorreu entre agosto do ano passado e fevereiro de 2020, entre 188 respondentes. Para analisar os dados foi realizada a caracterização da amostra, estatística descritiva e regressão linear múltipla.

 

A pesquisa constatou, ainda, que, em média, os turistas brasileiros que conhecem ou desejam conhecer a Chapada das Mesas, representados na amostra, possuem um perfil jovem, de classe baixa/média e que realizam de uma a duas viagens por ano com fins turístico e que apreciam muito viajar.

Então, depois da pandemia e de tomar a vacina, que tal arrumar as malas?

 

Fim do conteúdo da página