Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Colégio de Dirigentes apresenta o Programa de Formação de Gestores e o Projeto de Gestão Participativa
Início do conteúdo da página Notícias

Colégio de Dirigentes apresenta o Programa de Formação de Gestores e o Projeto de Gestão Participativa

Itens foram destaques na pauta da 109ª Reunião Ordinária do COLDIR
  • Miguel Ahid
  • publicado 23/02/2021 11h10
  • última modificação 23/02/2021 11h28

Imprimir

Na segunda-feira, 22 de fevereiro, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) realizou, em ambiente virtual, a 109ª Reunião Ordinária do Colégio de Dirigentes (COLDIR). O reitor, pró-reitores, diretores-gerais dos campi e diretores sistêmicos debateram os seguintes pontos: Programa de Formação de Gestores, Projeto de Gestão Participativa, Prorrogação de período de vigência do Planejamento Estratégico do IFMA (2016-2020), Comissão para Elaboração do Regimento Interno do COLDIR e a Recomposição do CONSUP – Segmento Colégio de Dirigentes.

O reitor do IFMA e presidente do COLDIR, Carlos Cesar Teixeira Ferreira, abriu os trabalhos com a apreciação da ata da reunião anterior do colegiado, falou sobre questões discutidas na reunião do CONIF, como as portarias do MEC, a exemplo da Portaria n. 983 (que mexe na carga horária docente), a questão orçamentária para 2021 (com foco no retorno às atividades presenciais) e, também, sobre a questão da vacinação. “O CONIF deve propor uma ação em rede sobre esses três aspectos: vacinação, recomposição orçamentária e as portarias do MEC”, destacou Carlos Cesar.

Já na próxima semana, por conta do Relatório de Gestão do IFMA, deverá acontecer uma reunião extraordinária do COLDIR. Nela, a Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional (PROPLADI) fará a reunião de avaliação da estratégia. O COLDIR tem a prerrogativa de aprovar todos os indicadores de desempenho do Instituto.

Por fim, o reitor Carlos Cesar falou sobre a parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações para ofertar cursos de formação profissional voltados ao Centro de Lançamento de Alcântara e à comunidade local.

Confira os detalhes dos pontos em discussão durante a reunião do colegiado.

Programa de Formação de Gestores


O reitor do IFMA lembrou que quando assumiu a direção geral do Campus Caxias em 2010, o Governo Federal tinha lançado um programa de aperfeiçoamento de dirigentes, um diferencial na época para a gestão da Rede Federal. “Eu mesmo fui um dos beneficiados com esse programa, porque participei de todos os ciclos formativos. Hoje não existe mais”, lembra.

Inspirado nele, e vendo esse novo ciclo de gestão do instituto, “nós resolvemos propor um programa de forma organizada que chamamos de Programa de Formação de Gestores, para que possamos capacitar e qualificar o corpo de gestores”, detalhou Carlos Cesar.

A ideia, em princípio, era atuar apenas no COLDIR, mas se observou também a necessidade de potencializar esse programa para as pró-reitorias. “Hoje nós estamos anunciado o lançamento desse programa, mas nós já temos ações efetivas acontecendo nas pró-reitorias que envolve os campi”, complementou o reitor.

A Pró-Reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Clarisse Cordeiro Medeiros, explicou que o objetivo do Programa de Formação de Gestores é desenvolver competências e habilidades consideradas essenciais na gestão institucional, propor conhecimentos necessários para os gestores enfrentarem os desafios dos líderes, atuarem em diferentes contextos e estarem alinhados aos objetivos institucionais, gerando resultados que representam respostas às necessidades e demandas da comunidade.

“Importante frisar que esse Programa é voltado às questões práticas da instituição. Não queremos falar apenas do planejamento estratégico de uma forma conceitual, mas olhar de uma maneira prática”, ressaltou Clarisse Medeiros.

O público-alvo do programa são os servidores e os gestores do IFMA.  O Programa de Formação de Gestores é composto por 6 (seis) eixos principais que abrangem conhecimentos essenciais para o gestor do IFMA.

Os cursos que irão compor cada eixo poderão ser ofertados na modalidade de educação presencial ou a distância, ministrados prioritariamente por servidores com formação ou experiência profissional na área de conhecimento.

Os 06 (seis) Eixos são: Eixo 1 – Competências essenciais para o Serviço Público; Eixo 2 – Planejamento e Desenvolvimento Institucional; 3 – Administração do Serviço Público; Eixo 4 – Ensino e Assistência Estudantil; Eixo 5 – Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação; e Eixo 6 – Extensão.

Nesse momento, o curso “A conduta ética no serviço público”, módulo I “A importância da ética na gestão pública”, está com inscrição aberta, via SUAP, no período de 18 a 24 de fevereiro, na modalidade a distância, com carga horária de 4 horas.

“Quase todos os eixos já têm cursos formatados no Centro Formação de Servidor (CSF). Já ofertamos 500 vagas e já temos 387 inscritos”, completou a pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional.

Projeto de Gestão Participativa (PARTICIPA IFMA)

“Esse projeto é fundamental para trabalhar o dialogo tanto da gestão interna dos campi quanto da Reitoria. A ideia era lançar um site (que já está no ar) que ficará à disposição para que toda a comunidade possa participar e acompanhar as discussões e o que será pactuado entre a gestão e ao Reitoria. Esse é o cerne da questão”, detalhou o reitor Carlos Cesar.

Clique e conheça o site do PATICIPA IFMA: www.participa.ifma.edu.br

Coube ao Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação, Rogério de Mesquita Teles, detalhar que o PARTICIPA IFMA será executado em 5 (cinco) etapas: prospecção, pactuação, plano de ação, acompanhamento e feedback. “A ideia é que o diretor do campus se reúna com a comunidade (servidores e estudantes) e faça o levantamento das principais demandas, em princípio 3 (três). Em seguida, reitor e pró-reitorias se reúnem com o campus para pactuar as ações”.

Na 3ª etapa, ou seja, plano de ação, a PROPLADI insere as demandas no módulo da Gestão Participativa no SUAP. A quarta fase é o acompanhamento dessas ações, que poderá ser feito tanto pelo site quanto pelo SUAP. Por fim, a etapa denominada feedback. O retorno ou devolutiva do reitor dessas demandas dos campi.

“Essa prospecção será feita entre fevereiro e março. As reuniões de pactuação e planos de ação nos meses de abril e maio. Estabelecemos o acompanhamento e feedback em até 1 (um) ano após a pactuação, podendo ser menor esse prazo, o que depende da própria dinâmica do ciclo”, explicou Rogério Teles.

Prorrogação de período de vigência do Planejamento Estratégico do IFMA

O órgão colegiado deliberou a favor da prorrogação por mais 1 (um) ano (2021) do período de vigência do Planejamento Estratégico do IFMA (2016-2020).

Comissão para Elaboração do Regimento Interno do COLDIR

Há necessidade de se ter um instrumento legal que estabeleça diretrizes para a funcionalidade do Colégio de Dirigentes. A proposta é instituir um grupo de trabalho ou comissão para elaborar o Regimento Interno do COLDIR.

A comissão foi instituída e será presidida pelo Pró-Reitor de Ensino e Assuntos Estudantis, Maron Stanley.

Recomposição do CONSUP – Segmento Colégio de Dirigentes

Foram eleitos 01 (um) novo membro titular e 04 (quatro) novos suplentes para a recomposição do CONSUP, no segmento do COLDIR. São eles:

Membro Titular:

Jânio Fernandes da Silva – IFMA – Campus São Raimundo das Mangabeiras

Suplentes:

Wady Lima Castro Junior – IFMA – Campus Codó
Anderson Oliveira da Silva – IFMA – Campus Coelho Neto
Marinete Moura da Silva Lobo – IFMA – Campus Barra do Corda
Marco Antônio Goiabeira Torreão – IFMA – Campus São José de Ribamar

Fim do conteúdo da página