Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Abertura e crescimento das Empresas Juniores em pauta no Universo IFMA
Início do conteúdo da página Notícias

Abertura e crescimento das Empresas Juniores em pauta no Universo IFMA

A mesa-redonda explorou as possibilidades e os desafios para o setor e foi transmitida pelo canal da TV IFMA no YouTube
  • Miguel Ahid
  • publicado 15/04/2021 22h22
  • última modificação 15/04/2021 22h25

Imprimir
A mesa-redonda “A abertura e crescimento das Empresas Juniores: possibilidades e desafios” trouxe três debatedores que deram um show em suas apresentações: Thais Fonseca Nunes, João Vitor Lima Costa e Samuel Rodrigues Araújo, durante a programação desta quinta-feira (15) no Universo IFMA. A mediação foi do professor do IFMA Campus Bacabal, Francisco Pereira.

A coordenadora de Formação Empreendedora e EJs da Agência de Inovação do UFMA, Thais Fonseca Nunes, primeira a falar, apresentou o resumo do surgimento das Empresas Juniores no Brasil e, em especial, no Maranhão, com foco na UFMA.


“Quando se fala em empreendedorismo é sempre importante pensar em ecossistemas”, destacou Thais, ao apresentar o Movimento Empresa Júnior, da Universidade Federal do Maranhão. Ela trouxe o seguinte questionamento aos participantes: “como preparar cidadãos e profissionais que estejam prontos para viver e produzir em um mundo em constante mudança”?

E para responder a essa indagação, ela recorreu ao pesquisador Tony Wagner (Harvard) e seus estudos sobre as competências do século XXI, dentre elas estão a iniciativa e o empreendedorismo, comunicação eficaz e a colaboração.

O Marco Legal da Educação Empreendedora no Ensino Superior (Lei n. 13.267/2016), os Ecossistemas Empreendedores (Núcleo Avançado de Empreendedorismo da UFMA), a Resolução n. 340 CONSUN, de 11 de fevereiro de 2021 (que estabeleceu a criação, qualificação, reconhecimento, funcionamento e acompanhamento das Empresas Juniores) também forma destaques em sua apresentação.

Em seguida, João Vitor Lima Costa, aluno de Administração (UFMA) e presidente da Maranhão Júnior (EJ), que busca ser o vetor de desenvolvimento profissional dos estudantes do Maranhão, por meio de capacitação e expansão do Movimento Empresa Júnior (MEJ).

“Temos 3 atividades principais, representar, regularizar e potencializar a quantidade de Empresas Juniores em nosso estado”, esclareceu João Victor.  Destacou, ainda, o papel do Movimento Empresa Júnior, que é formar empreendedores comprometidos e capazes de transformar o Brasil. O MEJ é considerado o maior movimento empresarial do mundo.

Outros pontos detalhados por João Victor foram os Projetos Conectados (ações realizadas em conjunto com outras EJs); Educação Empreendedora e seus resultados em 2020: 174 projetos, 73 deles de impacto, 21 Empresas Juniores federadas e Empresas Juniores em 5 IES; e o Ranking de Universidades Empreendedoras.

Ao finalizar, ele faz o convite: “vamos juntos formar um Maranhão mais empreendedor”?

Coube ao terceiro debatedor, Samuel Rodrigues Araújo, aluno de Engenharia Elétrica Industrial no IFMA Campus São Luís – Monte Castelo,, mostrar o panorama das Empresas Juniores no Instituto.

“A inspiração inicial para trabalhar com empreendedorismo veio dos projetos COWORKING IFMA e FAZER.ONLINE, inicialmente pensados para serem executados no bairro da Cidade Operária, em São Luís”, destacou Samuel Araújo.

Ele falou também sobre os pré-requisitos para o estudante participar das Empresas Juniores do IFMA Dentre eles, está a exigência que o aluno deva estar regularmente matriculado. Também destacou os pré-requisitos para o orientador: ser professor efetivo do IFMA no campus onde será desenvolvida a EJ e ter o currículo atualizado na plataforma Lattes do CNPq.

Passou rapidamente pela legislação em vigor (Lei n. 13.267/2016) e destacou Empresas Juniores em ação no IFMA.


Veja a programação completa do Universo IFMA (com links das transmissões).

 

Fim do conteúdo da página