Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Cônsul-Geral da França para o Nordeste visita o IFMA
Início do conteúdo da página Notícias

Cônsul-Geral da França para o Nordeste visita o IFMA

Foram discutidas ações para o fortalecimento da cooperação franco-brasileira em iniciativas como o desenvolvimento do ensino da língua francesa e a construção de projetos de cooperação.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 28/04/2021 20h54
  • última modificação 29/04/2021 21h39

Imprimir

Comitiva do Consulado Francês no Nordeste foi recebida pelo Reitor Carlos Cesar e equipe da Pró-Reitoria de Extensão

O novo Cônsul-Geral da França para o Nordeste do Brasil, Hugues Fantou, visitou a Reitoria do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) nesta terça-feira, 27. Acompanhado pelo Cônsul Adjunto, Jérémie Faucon e o Assistente Matheus Carvalho, a comitiva foi recebida pelo Reitor Carlos Cesar Teixeira Ferreira, pelo Pró-Reitor de Extensão, Carlos Alexandre Amaral Araújo, e a servidora Renata Santos, que integra a pasta das Relações Internacionais da instituição.  Foram discutidas ações para o fortalecimento da cooperação franco-brasileira em iniciativas como o desenvolvimento do ensino da língua francesa e a construção de projetos de cooperação, com destaque para iniciativas de formação pedagógica e de internacionalização para estudantes e servidores. Hugues Fantou assumiu o Consulado Francês em Recife no final do segundo semestre de 2020, e tem realizado uma série de visitas às Instituições de Ensino Superior no Nordeste.

No encontro,  que marcou a primeira agenda oficial do Cônsul-Geral em uma unidade da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, foram apresentadas ações que já ocorreram e também que estão em curso no Instituto Federal do Maranhão, como a celebração de convênios com instituições francesas,  intercâmbios e ações de formação.

Na publicação IFMA passa a ser a referência no ensino do francês no estado, de outubro de 2018, o atual Diretor de Relações Internacionais do IFMA, professor Vilton Soares, destacou a importância do idioma no território maranhense. “O certo é que o idioma francês é o mais falado entre os turistas em São Luís. É muito comum encontrar entre junho e agosto turistas francófonos no Centro Histórico”, destacou o docente à época. Vilton também constatou em sua pesquisa de mestrado em Turismo e Hotelaria, que São Luís é a cidade brasileira que recebe mais turistas francófonos como destino direto. “Eles são os turistas com o maior tempo de permanência na cidade”, revelou .

No ano seguinte, em 2019, com o fechamento da Aliança Francesa em São Luís o IFMA se tornou Centro de Aplicação e Certificação para os exames DELF/DALF. Também neste ano a instituição recebeu um grupo de estudantes franceses, do Lycée des Mesnières (Normandia, França) como etapa preparatória para o 6º Fórum Franco-Brasileiro Ciência e Sociedade, que foi sediado pelo Instituto Federal Goiano em outubro daquele ano.

Já em 2020, um exemplo foi o desenvolvimento de capacitação promovida pelo Centro de Estudos, Pesquisa e Extensão da Linguagem (CEPELI-Casa das Línguas), que promoveu curso básico de Francês para 100 estudantes, entre os quais 20 Policiais Militares do Batalhão Turismo (BPtur). Confira abaixo.

Para o Reitor Carlos Cesar, “a internacionalização já se tornou um dos pilares da educação profissional. Temos grande interesse em ações de mobilidade acadêmica ao nossos estudantes e também em oportunidades de intercâmbio em ações formativas, se assim for possível, aos nossos servidores. Espero que desse diálogo inicial possamos materializar ações à comunidade”.

Já Carlos Alexandre, da Pró-Reitoria de Extensão, destaca que “o ensino do idioma Francês tem forte presença no IFMA, sobretudo no Campus São Luís – Centro Histórico. No IFMA, como destacamos ao longo da agenda, há inúmeras ações realizadas que envolveram estudantes e servidores. Há espaço para se ampliar e é interesse tanto do Consulado quando do Instituto Federal o fortalecimento dessa relação”.

registrado em:
Fim do conteúdo da página