Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > IFMA lança plano de ação para Reconstrução das Diretrizes Institucionais para os Cursos Técnicos
Início do conteúdo da página Notícias

IFMA lança plano de ação para Reconstrução das Diretrizes Institucionais para os Cursos Técnicos

Processo envolve o trabalho de uma comissão formada por professores, pedagogos e e técnicos em assuntos educacionais do IFMA e prevê a realização de encontros sistêmicos, seminários, fóruns e audiências públicas com a sociedade.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 21/05/2021 18h31
  • última modificação 25/05/2021 16h47

Imprimir

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) lançou um plano de ação para a Reconstrução das Diretrizes Institucionais para os Cursos Técnicos. O processo envolve uma agenda de trabalho coordenada por uma comissão formada por professores, pedagogos e técnicos em assuntos educacionais, responsável ainda pela elaboração da minuta de resolução das diretrizes institucionais para os Cursos Técnicos. No plano de ação para a construção do documento, estão previstos encontros sistêmicos, seminários, fóruns e audiências públicas com a sociedade. O primeiro seminário de discussão será realizado on-line nos dias 17 e 18 de junho. Em breve, serão divulgados mais detalhes sobre a programação.

Plano de Ação para Reconstrução das Diretrizes Institucionais para os Cursos Técnicos

A reconstrução das diretrizes é importante frente a necessidade de atualização das nossas diretrizes vigentes diante do cenário atual que vem sofrendo mudanças legislativa desde 2016, exigindo assim um amplo debate para um posicionamento institucional. Esse cenário atual de legislações e diretrizes lançadas desde 2016 até janeiro de 2021 formam um arcabouço de instrumentos legais e normativos que instituem a reforma do Ensino Médio, desencadeada a partir da MP n0 746/2016, convertida na Lei  13.415/2017. Ainda integram essa reforma as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (DCNEM – Resolução CNE/CEB n0 03/2018), a Base Nacional Curricular Comum (BNCC – Resolução CNE/CEB n0 04/2018), as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial de professores para a educação básica (BNC-Formação – Resolução CNE/CP nº 02/2019) e a quarta versão do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT – Resolução CNE/CEB n0 02/2020).

Registro da terceira reunião de trabalho da comissão responsável pela reconstrução das Diretrizes Institucionais para os cursos Técnicos

 

A pedagoga Márcia Andréa Santos, da Pró-Reitoria de Ensino e Assuntos Estudantis (Prenae) do IFMA, responsável por coordenar a comissão responsável pelo plano de Reconstrução das Diretrizes Institucionais para os Cursos Técnicos, explicou que as novas leis e regras trazem alterações na forma de oferta e funcionamento do ensino técnico. “Há várias dúvidas, preocupações e anseios sobre as novas diretrizes, que trazem mudanças fundamentais para o Ensino Médio em carga horária, disciplinas e outras alterações que impactam diretamente na nossa filosofia e forma de trabalho. As diretrizes de janeiro trouxeram impactos maiores para o nosso trabalho. Precisamos promover um amplo debate sobre essas novas diretrizes para que toda a comunidade entenda os reais impactos delas nos Institutos Federais, e como poderemos nos posicionar e nos fortalecer enquanto uma Rede Federal que valoriza um currículo integrados, com conteúdos e eixos indissociáveis que congregam e valorizam todas as áreas dos saberes para uma educação integral do estudante. Queremos propor essa discussão com a comunidade, para fortalecer as diretrizes do IFMA pautada nos nossos valores de educação e salvaguardando nossa autonomia didático-pedagógica assegurada na nossa Lei de criação e defendida por nossa comunidade escolar”, explicou a pedagoga.

Para isso, é necessário a contribuição da sociedade – discentes, docentes, técnicos e pesquisadores em educação, organizações sociais, etc. “O plano prevê uma série de ações para garantir que a reconstrução fortaleça os cursos técnicos do IFMA”, explicou Márcia Andréa Santos.

[Acesse a página a Diretrizes Institucionais para os Cursos Técnicos]

Registro dos encontros da Comissão

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página