Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > PRENAE divulga norma para trancamento de matrícula na graduação
Início do conteúdo da página Notícias

PRENAE divulga norma para trancamento de matrícula na graduação

Segundo nota técnica, medidas contemplam os cursos de nível superior e se aplicam enquanto durar a pandemia da Covid-19
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 01/06/2021 11h24
  • última modificação 01/06/2021 11h26
Imprimir

A Pró-reitoria de Ensino e Assuntos Estudantis (PRENAE) expediu na segunda-feira (31) a Nota Técnica Nº 11/2021, que retifica item das “Diretrizes Pedagógicas, Acadêmicas e de Suporte ao Ensino em Função da Pandemia da COVID-19”, documento homologado no último mês de janeiro e que consta como anexo da Portaria IFMA Nº 265/2021.

Com a retificação, o item 3 das Diretrizes, que trata dos casos de trancamento, desligamento, reingresso e abertura de matrículas, ganhou nova redação, sendo complementado por dois subitens (3.5.2 e 3.5.3) relativos ao primeiro semestre dos cursos de graduação. A Nota dispõe sobre a concessão de autorização, pelos Colegiados dos cursos, para trancamento total de matrícula ou cancelamento de componentes curriculares (correspondente ao trancamento parcial), inclusive no primeiro semestre do curso, pelo período em que perdurar a pandemia causada pela Covid-19.

O outro novo subitem dispõe que o aluno não matriculado em componente curricular do primeiro semestre terá seu trancamento de matrícula realizado de forma automática pelo setor de registro acadêmico do campus, o qual não será computado no limite previsto para integralização do curso.

De acordo com Simone Andrade dos Santos, do Departamento de Graduação (DEGRAD/PRENAE), a medida se baseia no acompanhamento dos discentes pelos setores de assistência estudantil nos campi, na tentativa de compreender as dificuldades enfrentadas pelos cursistas dos períodos iniciais para manterem a matrícula. “A instituição concede o trancamento para que o estudante não perca o curso”, disse a gestora, informando que essa possibilidade se inclui entre outras ações voltadas para a permanência dos alunos, como a concessão de auxílios diversos, muitas vezes desconhecidas pelos ingressantes no Instituto.

Fim do conteúdo da página