Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Estudante do Campus Caxias é aprovada em mestrado
Início do conteúdo da página Notícias

Estudante do Campus Caxias é aprovada em mestrado

Sanoelle Fernanda Lobo Quinzeiro, aluna do Campus Caxias, foi aprovada para o mestrado em Química da Universidade Estadual do Piauí.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 19/07/2021 09h31
  • última modificação 19/07/2021 09h33

Imprimir

Sanoelle Fernanda Lobo (de azul ao centro) foi aprovada em programa de mestrado em Química da Universidade Estadual do Piauí

Mais uma aluna do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Caxias foi aprovada em seleção de mestrado e dará continuidade ao campo de conhecimento a que se dedicou no Instituto. Desta vez, a aluna Sanoelle Fernanda Lobo Quinzeiro, do curso de licenciatura em Química, foi selecionada para o mestrado em Química da Universidade Estadual do Piauí (Uespi). Conceito três na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Programa da Uespi visa à formação de recursos humanos qualificados destinados à docência, à pesquisa científica e tecnológica.

Estudante participou de colação de grau especial em razão da aprovação no mestrado.

Devido à aprovação, Sanoelle Quinzeiro colou grau em sessão especial, realizada na manhã do dia 13 de julho. A cerimônia foi presidida pelo diretor-geral, professor João da Paixão Soares, e contou com a participação do professor Raimundo Filho, diretor de desenvolvimento educacional, e Renata Ferreira, chefe do departamento de registro e controle acadêmico. Restrito, o momento foi prestigiado somente pelos familiares da aluna.

A trajetória de Sanoelle Quinzeiro no IFMA inicia em 2012, quando ela ingressa no Ensino Médio. Após a conclusão, ela retorna para cursar licenciatura em Química. “Ao iniciar o curso de Química, já fui inserida como voluntária em projeto de pesquisa, assumindo o projeto como bolsista a partir do segundo período”, relembrou. Ao todo, ela participou de quatro pesquisas na área de fotocatálise para descoloração de corante, além de atuar como voluntária em um projeto sobre o ensino de Química. “Esses projetos me permitiram participar de eventos como Conedu, CBQ e SNCT, sendo que nesse último tive o trabalho premiado na primeira colocação na categoria apresentação oral”, destacou.

Nessa trajetória, a nova mestranda destaca que a atuação como colaboradora na pesquisa de doutorado do professor Wallonilson Veras, coordenador do curso, lhe rendeu a publicação de um artigo. “Participei ainda de dois projetos de extensão, além de ter sido monitora de três disciplinas”, disse.

Sanoelle Quinzeiro conta que atuou na organização de eventos de divulgação científica, como o Simpósio Caxiense de Química nos anos de 2017, 2018, 2019 e 2020, e da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia nos anos 2018 e 2019 “Nessa, tive a oportunidade de ministrar oficina de produção de produtos de limpeza e um minicurso de análise qualitativa e quantitativa de metais utilizando a espectroscopia na região do Ultravioleta-Visível”, lembrou.

A aluna também destacou que uma equipe, composta por colegas e liderada por professores do Instituto, chegou à última etapa do programa Centelha, iniciativa que visa estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no Maranhão.

Em discurso na cerimônia, Sanoelle, além de falar sobre a trajetória no Campus Caxias, agradeceu aos que fizeram parte dela. “Inicialmente, agradeço a minha mãe, ao meu pai e ao meu irmão, pois, sem o apoio deles, eu não seria capaz de alcançar meus objetivos. Agradeço ao meu namorado Marcelo de Morais pelo companheirismo durante o percurso da graduação”, disse. Recentemente, Marcelo de Morais também foi aprovado para o mesmo programa de Mestrado. “Sou grata ao IFMA, sobretudo, pelo apoio financeiro durante as atividades de monitoria e iniciação científica, que são essenciais para permanência no curso. Também agradeço muito a todos os servidores, colegas de turma e docentes do Instituto, em especial ao professor Wallonilson, pela orientação durante o ensino médio e superior, e por ser uma inspiração enquanto profissional”, concluiu.

Além da licenciatura, no IFMA, Sanoelle se dedicou aos cursos de Inglês Instrumental para Pesquisadores de Iniciação Científica e de Desenvolvimento de Aplicativos para Dispositivos Móveis.

O diretor de desenvolvimento educacional, professor Raimundo Filho, destaca as possibilidades do estudante concluinte de licenciatura seguir para a atuação profissional ou para a vida acadêmica na pós-graduação. “É certo que uma escolha não anula a outra”, ponderou. “Mas especificamente, em relação a Sanoelle, assim como ocorreu com Marcelo, a rotina de revezamento entre sala de aula e laboratório apontava para este caminho”, observou. “A comunidade acadêmica comemora com você e sua família e deseja sucesso na nova trajetória. Ao mesmo tempo que nos sentimos honrados de ter feito parte dessa trajetória, saiba que o IFMA sempre estará de portas abertas”, concluiu o gestor.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página