Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Série especial apresenta o livro “Crônica do Teatro Ludovicense em meados do século XIX”
Início do conteúdo da página Notícias

Série especial apresenta o livro “Crônica do Teatro Ludovicense em meados do século XIX”

Livro, da autora Jacqueline Silva Mendes, é o oitavo apresentado pela série especial de reportagens sobre as publicações da Editora IFMA
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 18/08/2021 15h46
  • última modificação 19/08/2021 09h49

Imprimir
Observando anúncios de espetáculos, crônicas teatrais e críticas veiculadas em jornais do século XIX, a professora do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), Jacqueline Silva Mendes, recolheu indícios e informações capazes de ampliar a história do teatro ludovicense. E o resultado da pesquisa foi divulgado no livro “Crônica do Teatro Ludovicense em meados do século XIX (1852-1867): Arte, negócio e entretenimento”, publicado pela Editora IFMA.

“Ainda estamos por conhecer toda a história do teatro brasileiro, um dia conseguiremos preencher os lapsos na história”, descreve a pesquisadora na primeira frase da introdução ao livro. E para avançar nesse passado adormecido, a autora busca os nomes dos principais artistas que trabalharam nos teatros ludovicenses nesse período e dos negociantes e empresários que movimentaram a vida teatral da província de São Luís. Essa reconstrução histórica permitiu traçar parte do caminho das companhias, do público e também da economia e do mercado ligados aos palcos de São Luís, o que é retratado na primeira parte do livro.

Já na segunda parte, a preocupação torna-se, além de histórica, estética e artística. Jacqueline Silva Mendes faz um levantamento dos autores maranhenses desse período, assim como de suas obras. Escolhe então a comédia A buenadicha, do dramaturgo maranhense Francisco Gaudêncio Sabbas da Costa, para uma análise “à luz do movimento teatral que acontecia na cidade”. Mais que identificar as influências estéticas contidas na obra de dramaturgia, a pesquisadora buscou identificar os costumes e tipos do local e época.

Em um árduo trabalho de peregrinação por bibliotecas, museus e arquivos públicos, no Brasil, Portugal e até mesmo na Biblioteca Britânica, em Londres, Jacqueline Silva Mendes constrói uma pesquisa notável, trazendo informações preciosas e inéditas para a histórica da dramaturgia maranhense oitocentista, atentando para as peculiaridades financeiras, históricas e estéticas do teatro ludovicense. Vale destacar que o estudo é resultante da pesquisa desenvolvida para a dissertação de mestrado da autora, defendida em 2014, pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (USP).

O livro está disponível gratuitamente, de forma on-line, no site da Editora IFMA.

Livraria EdIFMA : Editora IFMA

A autora

Jacqueline Silva Mendes tem mestrado em Arte pela USP. É especialista em Supervisão e Gestão Escolar e graduada em Licenciatura em Educação Artística, com habilitação em Artes Cênicas, pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Atualmente é professora de Artes Cênicas do IFMA Campus São Luís-Centro Histórico.

5 anos da Editora IFMA

A Editora IFMA completa cinco anos de existência e, para comemorar, foram programadas uma série de postagens, nas redes sociais e no site do IFMA, sobre as obras já publicadas pela editora. Ao longo desse período, foram 37 publicações de pesquisadores e alunos da instituição. As postagens se estendem até o final de 2021.

registrado em:
Fim do conteúdo da página