Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > IFMA conquista 1º lugar nacional no Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora
Início do conteúdo da página Notícias

IFMA conquista 1º lugar nacional no Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora

Projeto premiado, Coworking IFMA, disputou a final no dia 12 de maio, em São Paulo, concorrendo com outros 50 trabalhos de todo o país.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 13/05/2022 11h14
  • última modificação 13/05/2022 11h18

Imprimir
O projeto Coworking IFMA conquistou o 1º lugar na categoria educação profissional do Prêmio Nacional Sebrae de Educação Empreendedora. Desenvolvida pelas professoras Ivanilde Pacheco, Bruna Elizama Melo, Nívia Maria Santos e Vívian Adriana Gomes, a iniciativa disputou a final contra outros 50 trabalhos de todo o país, no dia 12 de maio, em São Paulo, durante o BETT Educar 2022, o maior evento de educação da América Latina. Além de troféu e divulgação, o premiado receberá uma missão técnica custeada pelo Sebrae.

A equipe do Coworking IFMA disputou a final contra outros 50 trabalhos de todo o país.

O Coworking IFMA existe desde 2017 e agora faz parte dos projetos estratégicos do IFMA, envolvendo vários campi da instituição, como São José de Ribamar, São João dos Patos e São Luís-Maracanã. A ação surgiu com o objetivo de desenvolver as competências de educação empreendedora junto aos alunos do IFMA e prestar assistência na área de gestão de negócios às pequenas empresas no Maranhão. Em 2020, o projeto passou por reformulação para cooperar com os pequenos empreendedores durante os regimes de distanciamento provocados pela pandemia de Covid-19, passando a desenvolver o trabalho com a utilização de tecnologias digitais, auxiliando não apenas empreendimentos maranhenses, mas de várias regiões do Brasil.

Outro projeto do IFMA, o Fazer On-Line, ficou entre os 10 finalistas, a nível nacional, na categoria educação superior. Coordenada também pela professora Ivanilde Pacheco, e com as professoras Nívia Maria Santos, Vívian Adriana Gomes e Ana Patrícia Choairy na equipe, além do técnico Ronaldson Castro, esta iniciativa é uma startup solidária que conecta empreendedores e usuários virtualmente e surgiu durante a temporada de lockdown, como braço do projeto Coworking IFMA, com o objetivo prestar assistência tecnológica para os pequenos empreendedores como estratégia para posicionamento no mercado no momento de crise por conta do confinamento. A equipe dos dois projetos é multidisciplinar e envolve docentes, técnicos e estudantes das diversas áreas de conhecimento.

Após a premiação, os integrantes da equipe participaram de um bate papo no espaço Complexo Criative do Sebrae, na Bett Educar, com o ator e humorista Rafael Infante. A professora Ivanilde Pacheco registrou que o prêmio “foi um reconhecimento do trabalho coletivo e colaborativo, em que a palavra ressignificação representa a essência da educação empreendedora”. Ela também destacou que “o prêmio valoriza o protagonismo dos estudantes do IFMA”.

A professora Bruna Elizama Melo comentou sobre a premiação e a importância da educação empreendedora. “Trabalhar a educação empreendedora para desenvolver nos alunos as habilidades fundamentais para enfrentar os desafios do século XXI em um mundo em constante transformação”, disse. Já a professora Nívia Maria Santos observou que, dos 10 finalistas da categoria educação profissional, sete eram de Institutos Federais, “o que mostra o trabalho grandioso da Rede Federal”.

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página