Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias - PE > Pesquisadores do IFMA ingressam na Academia Maranhense de Ciências
Início do conteúdo da página Notícias

Pesquisadores do IFMA ingressam na Academia Maranhense de Ciências

Ato solene ocorreu na sexta-feira, dia 26 de agosto
  • Cláudio Moraes
  • publicado 28/08/2022 22h30
  • última modificação 28/08/2022 23h25

Imprimir

Os pesquisadores do IFMA, Priscila Rocha, Carlos César Ferreira e Alexsandra da Silva, após a posse solene, ao lado do secretário da Academia Maranhense de Ciências, André Silva Neto, da assessora de Planejamento da FAPEMA, Kiany Sirley Brandão Cavalcante, e do presidente da Academia, Henrique Mariano Costa do Amaral

O reitor do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), prof. Carlos César Teixeira Ferreira, tomou posse como membro efetivo da Academia Maranhense de Ciências (AMC), em sessão solene realizada na sexta-feira (26/08), no auditório do Espaço da Ciência na Universidade Federal do Maranhão, em São Luís.

Carlos César passa a ocupar a cadeira 29, cujo patrono é o prof. Antonio Jorge Dino, e tomou posse juntamente com outros oito membros efetivos. Também foram empossadas as professoras Priscila Lima Rocha, do IFMA Campus Pedreiras, na categoria Jovem Cientista, e Alexsandra Sousa Nascimento da Silva, do IFMA Campus Maracanã, na categoria Membro Colaborador.

De acordo com Carlos, o ingresso na AMC é uma oportunidade de fortalecimento da ciência no estado e, também, de levar algumas premissas e bandeiras, a exemplo do fortalecimento do idioma português como língua científica. Ele acredita, ainda, que as instituições de ensino superior do estado devem impactar positivamente as redes municipais e estaduais para fortalecer a ciência. O reitor afirmou, por fim, que espera que outros pesquisadores do IFMA possam trilhar esse caminho e contribuir com as suas experiências.

Para Priscila Lima Rocha, a segunda pesquisadora do continente a tomar posse no quadro na Academia [até agora só havia o professor Edmilson Sanches da Universidade Estadual do Maranhão, Campus Caxias], o ingresso na instituição é uma honra. Segundo ela, é a concretização do reconhecimento de sua trajetória, logo após a conclusão do doutorado. Ela enfatizou, ainda, que se trata de um exemplo para os estudantes do IFMA e uma forma de estabelecer novas parcerias no entorno de Pedreiras para levar mais jovens para a área científica. A pesquisadora finalizou afirmando que já busca formas de contribuir com a Academia, de imediato, com o desenvolvimento de trabalhos de pesquisas aplicadas.

Alexsandra Sousa Nascimento da Silva, do IFMA Campus Maracanã, recebeu o convite para ingresso na AMC com muita alegria e surpresa. Ela avaliou se tratar do reconhecimento de sua vida acadêmica e profissional construída com luta e paixão. Ela ponderou, ainda, que se trata da abertura de portas para o IFMA e do fortalecimento do trabalho em prol da agricultura do Maranhão.

 

Sobre a Academia

Henrique Amaral, presidente da AMC, enalteceu o momento.

O presidente da AMC, Henrique Mariano Costa do Amaral, enalteceu o momento, como uma forma de renovação da instituição. Segundo ele, isso irá permitir que AMC comece, efetivamente, a agir de forma muito mais intensa no estado.

Constituída em 2008, a Academia Maranhense de Ciências é uma entidade independente, não governamental e sem fins lucrativos, fundada a partir de um projeto apresentado à Fundação de Amparo à Pesquisas do Maranhão (FAPEMA). Na avaliação da assessora de Planejamento da Fundação, Kiany Sirley Cavalcante, a FAPEMA caminha juntos com a Academia, no mesmo propósito de contribuir com o desenvolvimento cientifico e tecnológico do Maranhão. Ela ainda parabenizou os novos membros e a Academia.

A AMC tem por missão apoiar ações de natureza científica, voltadas para a promoção da Ciência, discutir e propor novas soluções para questões cientificas e socioeconômicas que requeiram uma abordagem multidisciplinar, promover parcerias com os centros de atividades cientificas do Brasil e do mundo, estimular, promover e divulgar a investigação cientifica no âmbito de instituições educacionais e sociais em ações coletivas ou isoladas, prestar consultoria ao governo, a instituições de ensino, pesquisa e desenvolvimento tecnológico, públicas e privadas e colaborar em atividades voltadas a melhoria da qualidade de vida do povo maranhense.

 

Perfil dos novos membros

Carlos César Teixeira Ferreira

Doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Campina Grande (2013), Mestrado em Engenharia de Eletricidade pela Universidade Federal do Maranhão (2004), Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho pelo Centro Federal de Educação Tecnológica do Maranhão (2001), Aperfeiçoamento em Programa de Formação de Dirigentes dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia pela Escola Nacional de Administração Pública (2010), Aperfeiçoamento no Executive Development Pilot Program pelo LH Martin Institute – The University of Melbourne (2017), Licenciatura Plena em Eletricidade pelo Centro Federal de Educação Tecnológica do Maranhão (1997), Graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual do Maranhão (1998),  com formação Técnica em Eletromecânica pela Escola Técnica Federal do Maranhão (1992). Reitor do IFMA, onde é professor titular no Campus São Luís-Monte Castelo, coordena a Câmara de Desenvolvimento Institucional do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF), compõe o Banco de Avaliadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (BASis) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e atua como Vice-Governador, no Brasil, da Organização Internacional para o Desenvolvimento Econômico, Social e Humanitário (OIDESH), com alcance em todos os países lusófonos. Exerceu os cargos de Diretor Geral do IFMA-Campus Caxias (2010-2012), Pró-Reitor de Administração do IFMA (2012-2015), Pró-Reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional do IFMA (2016 /2020),   Tem experiência nas áreas de Engenharia Mecânica e Elétrica, com ênfase em Engenharia Elétrica, atuando principalmente nos seguintes temas: uncertain dynamic systems, nonlinear dynamic systems, fuzzy systems, fuzzy clustering algorithm, fuzzy identification, Fuzzy Frequency Response (FFR), robust control e controle pid.

 

Alexsandra Sousa Nascimento da Silva

 

 

 

 

Pós-Doutorado em Engenharia Agrícola pela FEAGRI/UNICAMP (2020), Doutorado em Agronomia / Ciência do Solo pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (2013), Mestrado em Agroecologia pela Universidade Estadual do Maranhão (2005), é graduada em Agronomia pela mesma universidade (2002). Professora do IFMA Campus Maracanã, tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fertilidade de Solos (Nutrição de plantas), atuando principalmente nos seguintes temas: resíduos orgânicos e manejo sustentável de ambientes.

 

 

Priscila Lima Rocha

Doutorado (2022) e Mestrado (2018) em Engenharia Elétrica na área de Automação e Controle, linha de pesquisa em Processamento de Sinais Biológicos pela Universidade Federal do Maranhão. Graduação em Engenharia Elétrica Industrial pelo IFMA (2016), onde obteve formação técnica em Eletrotécnica (2009). É professora do IFMA Campus Pedreiras na área de Engenharia Elétrica/Eletrônica. Principais temas de estudo: automação, instrumentação industrial, processamento digital de sinal de voz, processamento digital de sinal de eletroencefalograma, algoritmos de aprendizado de máquina.

 

 

 

 

 

 

registrado em:
Assunto(s): ACADEMIA , AMC , ciência , IFMA , Pesquisa , Posse , UFMA
Fim do conteúdo da página