Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Egresso do IFMA é aprovado em cinco universidades norte-americanas
Início do conteúdo da página Notícias

Egresso do IFMA é aprovado em cinco universidades norte-americanas

Pedro Filipe Prado cursou Técnico em Artes Visuais no Campus São Luís Centro Histórico
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 12/09/2022 17h52
  • última modificação 10/01/2023 14h38

Imprimir

O egresso do Curso Técnico em Artes Visuais, do IFMA Campus São Luís Centro Histórico, Pedro Filipe Prado, submeteu-se a um concorrido  processo de seleção, conhecido como Application, e foi aprovado em cinco universidades norte-americanas com bolsa de estudos.

 

As universidades em que Pedro obteve aprovação foram: Stetson University (Flórida), Temple University (Filadélfia-Pensilvânia), Saint Louis University (Saint Louis- Missouri), Elizabethtown College (Pensilvânia) e Notre Dame College (Ohio).

 

 

Pedro Felipe ressalta que o processo é diferente  e exige muito do candidato. Segundo ele, foi cansativo pois precisou aprender tudo em um espaço de tempo relativamente curto e com recursos limitados.

 

A aceitação em Universidades americanas surgiu como parte de um processo de amadurecimento de seus objetivos de vida, com destaque para as questões desafiadoras a serem resolvidas.

 

Ele é co-fundador do ‘Op Nordeste’, uma organização sem fins lucrativos, em que, juntamente com outros jovens, trabalhou com o objetivo de compartilhar oportunidades de bolsas de estudo para estudantes da região nordeste e desmistificar estereótipos.

 

Para Pedro, após todo esse processo e diversas conquistas, o mais complicado agora está sendo a escolha da Universidade, pois além das Instituições americanas também foi agraciado com uma bolsa de estudos integral na Pontificia Universidade Católica- PUC-Rio.

 

Como é o processo seletivo para Universidade nos EUA?

 

O processo para universidades americanas conhecido como Application é considerado como holístico, pois  o candidato é avaliado em um nivel acadêmico e pessoal. Essa avaliação é realizada por meio de uma série de informações e requerimentos que são enviados para as universidades que você deseja se candidatar e são avaliados pelos admissions officers de cada uma.

 

Cada Universidade tem seu modelo e padrão de requerimento. No geral é exigido o histórico escolar do ensino médio, school profile (documento que contem todas as informações relacionadas à escola), cartas de recomendação, honors, atividades extracurriculares, essays (são as redações americanas),  testes padronizados e de proficiência, todos em inglês, o que indica a necessidade do conhecimento de uma língua estrangeira.

 

 

Pedro mencionou que o papel do IFMA durante o processo foi essencial e importante com amplo suporte da diretoria do campus. Ele afirmou que o Instituto, como instituição pública, proporcionou-lhe uma educação de qualidade e uma base sólida para um ambiente universitário, antes não tinha encontrado em sua formação escolar.

 

Ele apontou que o acesso a uma educação de qualidade por aqueles que são de famílias menos favorecidas é um desafio a ser superado. Ele concluiu ponderando que a sua experiência seria uma forma de mostrar aos estudantes que é possível conquistar o que parece ser impossível.

 

Sobre Pedro Prado

Pedro sempre buscou se engajar nas atividades do IFMA Campus Centro Histórico. Atuou em monitoria de eventos até curadoria no Memorial IFMA, projeto que o ajudou no desenvolvimento de sua oratória ao mesmo tempo que contribuia para a preservação da memória do Instituto e sua rede. De acordo com Pedro, o Projeto Memorial IFMA foi um pontapé inicial para desenvolver a sua habilidade de falar em público, auxiliando-o nas entrevistas das universidades.

 

Fora da escola ele se dedicou a projetos com foco em  protagonismo juvenil  e justiça social, através da educação e empreendedorismo. Dedicou-se a alguns momentos do seu dia para estudos e para ministrar aulas particulares de forma voluntária.  Além disso, ele passava horas em casa trabalhando em projetos e estudando assuntos diversos, além de se preparar para a candidatura no Application.

 

Com sua curiosidade por inovação e desafios contemporâneos, Pedro teve passagens por programas e competições de Business e empreendedorismo, de âmbito nacional e internacional, além de programas para jovens líderes como Latin American Leadership Academy Bootcamp e Global Citizen Year Academy.

 

Em sua análise, em cada experiência ele conheceu pessoas que também  estavam trabalhando para reduzir algum problema e, ao se juntar a elas, como comunidade, obteve a ampliação de sua visão de mundo, passando a onhecer oportunidades que até então estavam distantes da sua realidade.

 

Fim do conteúdo da página