Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > IFMA participa da 19ª SNCT com atividades no Parque do Rangedor
Início do conteúdo da página Notícias

IFMA participa da 19ª SNCT com atividades no Parque do Rangedor

A programação da 19ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no IFMA incluiu palestras, mostras, roda de diálogo e teatro.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 21/10/2022 13h11
  • última modificação 10/01/2023 14h37
Imprimir

Museu maker, aplicativo de coleta seletiva, jogos para ensino de química e robôs que simulam situações de resgate. Esses foram alguns dos projetos expostos na mostra científica e tecnológica da 19ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) do IFMA. O evento foi realizado nessa quinta-feira (20), no Parque do Rangedor, em São Luís, com transmissão ao vivo pelo canal da TV IFMA no Youtube.

Segundo a coordenadora da SNCT no Instituto, a professora Georgiana Marques, houve mais de 200 participantes inscritos, além da visita de alunos da rede de ensino estadual e frequentadores do parque. Este ano, o tema da Semana foi “Bicentenário da Independência: 200 anos de Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil”. O ciclo de palestras reuniu pesquisadores de assuntos relacionados à temática no âmbito do Mestrado Interinstitucional (Minter) em Memória: Linguagem e Sociedade da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).

Foram ministradas palestras sobre a criação de um sentimento nacionalista nos retratos satíricos de Gregório de Matos Guerra (com a profa. Suzany Batista), sobre as representações de D. Pedro II na Festa do Divino em Alcântara (com a profa. Ilanna do Nascimento), sobre a situação da população idosa no contexto do bicentenário da independência (com a profa. Layanne Miguens) e sobre a memória dos negros na formação do tambor de mina em São Luís (com o prof. Herlinton Nunes).

Na sequência, as professoras Valéria Carvalho e Regina Muniz foram convidadas para participar da Roda de Diálogo alusiva aos 50 anos das Mulheres na Rede Federal no Maranhão. Ambas foram alunas da primeira turma de mulheres a ingressar na instituição, em 1972. As professoras contaram histórias de quando eram estudantes na antiga Escola Técnica e também de quando retornaram na condição de professoras e gestoras. A conversa foi mediada pela professora Rafaelle Araújo, do Campus Buriticupu.

A programação foi encerrada com a apresentação da mostra de teatro científico “Conexão História: Mulheres que Encantam”. Os alunos do Campus Centro Histórico coordenados pela professora Janete Chaves representaram algumas das personagens mais marcantes da história maranhense – como Ana Jansen, Catarina Mina, Maria Firmina dos Reis e Maria Aragão.

Mostra de projetos

Entre os expositores estava o aluno do curso técnico de Informática do Campus Araioses, Gustavo Pinto, que desenvolveu o aplicativo Reciclarayos. O app já está disponível na Play Store e tem ajudado a população de Araioses a se conectar com uma cooperativa de catadores de materiais recicláveis, que busca os resíduos na casa das pessoas que praticam coleta seletiva. Segundo Gustavo, a expectativa é que o produto seja escalado e aplicado nas outras cidades do Baixo Parnaíba e até mesmo outras regiões.

Em meio aos stands, também se destacava uma impressora 3D que produzia peças museológicas e recursos educacionais. A estudante Jaciara Rodrigues, do curso de Engenharia Elétrica do Campus Imperatriz, explicava aos visitantes que a ideia inicial por trás do projeto Museu Maker foi evitar perdas como a do incêndio no Museu Nacional em 2018. Os pesquisadores buscaram reproduzir objetos arqueológicos (como crânios e cerâmicas) que poderiam ser expostos para preservar os originais. Jaciara conta que posteriormente o grupo também passou a imprimir recursos para o ensino de ciências, como células vegetais e suas organelas ampliadas.

Popularização da Ciência

O reitor do IFMA, professor Carlos Cesar Ferreira, esteve na abertura da SNCT. Ele falou da importância e dos desafios da popularização da ciência no Brasil. Na ocasião, o reitor celebrou a realização do evento como forma de levar para fora dos muros do IFMA o conhecimento produzido pelos pesquisadores. Ele destacou ainda a urgência do compromisso que a ciência deve ter com a transformação social e o desenvolvimento sustentável.

Também estiveram presentes na abertura do evento o presidente da Fapema, prof. André Santos; o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, prof. Rogério Teles; e o pró-reitor de Extensão, prof. Carlos Alexandre Amaral.

registrado em:
Fim do conteúdo da página