Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > IFMA formaliza acordos com instituições portuguesas em Simpósio de Internacionalização
Início do conteúdo da página Notícias

IFMA formaliza acordos com instituições portuguesas em Simpósio de Internacionalização

Assinatura dos documentos ocorreu em evento promovido pela Pró-reitoria de Extensão nos dias 03 e 04 de novembro, no Campus Barreirinhas
  • Augusto do Nascimento
  • publicado 11/11/2022 12h32
  • última modificação 10/01/2023 15h05

Imprimir

O processo de internacionalização do IFMA deu novo avanço com a formalização de acordos de cooperação com dois institutos politécnicos de Portugal. Na primeira edição do Simpósio de Internacionalização, realizado nos dias 03 e 04 de novembro (quinta e sexta-feira) no Campus Barreirinhas, o reitor Carlos César Teixeira assinou o Acordo de Cooperação para Dupla Diplomação com a área de Computação, estabelecido com o Instituto Politécnico do Porto (IPP), representado por Carlos Ramos, pró-reitor de Internacionalização da instituição portuguesa. No mesmo evento, o IFMA renovou o Acordo Geral com o Instituto Politécnico de Bragança (IPBragança), que permitirá os acordos de cooperação técnica em momento futuro.

O Simpósio, promovido pela Diretoria de Relações Internacionais (DIRI, vinculada à Pró-reitoria de Extensão | PROEXT), teve como tema “Limites e possibilidades da Dupla Diplomação”, e o objetivo foi debater junto à comunidade acadêmica os diferentes aspectos vinculados à dimensão da  Internacionalização na instituição, tais como mobilidades, cooperação internacional, internacionalização da pesquisa e inovação, com destaque para a Dupla Diplomação com os Institutos Politécnicos Portugueses.

A edição inaugural do evento teve como público-alvo numerosos segmentos do Instituto: Colégio de Dirigentes (COLDIR), órgão de apoio ao processo decisório da Reitoria composto pelo reitor, pró-reitores e diretores-gerais dos campi; coordenadores dos programas de pós-graduação stricto sensu; integrantes do Comitê de Relações Internacionais; chefias dos Departamentos de Extensão e Relações Institucionais dos campi; estudantes egressos de programas de mobilidade acadêmica. Houve ainda representação de reitores e assessores de Relações Internacionais da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, que abrange os institutos federais de todo o país, bem como dos institutos politécnicos lusos.

Na manhã do primeiro dia, as atividades do Simpósio, que ocorreram no auditório do Campus Barreirinhas, envolveram o relato de estudantes que em anos anteriores foram selecionados para programas de mobilidade acadêmica no IPP, durante o painel Mobilidade Outbound IFMA-Politécnico do Porto, com mediação de Vilton Soares de Souza  (DIRI) e apresentação de Natilene Mesquita. Os discentes participantes foram Francisco Romeu da Costa Neto e Francisco Tanilson da Silva, respectivamente dos campi Monte Castelo (São Luís) e Santa Inês, que trouxeram ao público informações sobre os projetos inovadores que desenvolveram no projeto LA PASSION, executado no âmbito do programa Capacity Building for Higher Education com financiamento do programa europeu Erasmus+, envolvendo cinco Institutos Federais no Brasil (dentre os quais o IFMA), e os países Portugal, Espanha, Finlândia, Chile e Uruguai.

À tarde, seguiu-se o painel Experiências Exitosas dos Centros de Línguas do IFMA, em que professores convidados trocaram experiências e expuseram os desafios com que deparam para a promoção de cursos de línguas portuguesa e estrangeiras nos campi, com destaque para as atividades voltadas para o fortalecimento do português como língua científica. Foram expositores do painel os docentes Claudia Regina Brito Mendes (Campus Bacabal), Joniery Rubim de Souza (Campus Caxias), Kerllen Miryan Portela de Paiva Norato (Campus Monte Castelo) e Michelle de Sousa Bahury (Campus Barreirinhas).

Sob a mediação de Vilton Soares, os participantes do Simpósio discutiram sobre os potenciais e as oportunidades relacionados ao processo de internacionalização do IFMA, contando com representantes de setores de relações internacionais do Conselho Nacional (CONIF) das instituições que integram a Rede Federal. A assessora Ana Carolina Oliveira tomou parte no debate virtualmente, ao passo que Carol Bello, chefe do Departamento de Relações Internacionais do Instituto Federal do Pernambuco (IFPE) e atual coordenadora do Fórum de Assessores de Relações Internacionais (Forinter) do Conselho, compartilhou presencialmente as reflexões com o público reunido no Simpósio.

Encerrando as atividades do primeiro dia, Vilton Soares (DIRI) submeteu a Política de Internacionalização do IFMA à apreciação do Comitê de Relações Internacionais, composto por representantes dos campi e de setores da Reitoria, e do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Conepe), órgão técnico de natureza propositiva, consultiva e deliberativa em matérias específicas das áreas que abrange.

O segundo dia de evento começou com a apresentação do Programa Internacionaliza+: dupla diplomação, por Vilton Soares, que traçou um panorama do acordo de cooperação para a dupla diplomação celebrado com o IPP, durante missão institucional do IFMA a Portugal, no último mês de abril. O programa de mobilidade acadêmica, que em um primeiro momento contempla a área de Engenharia Elétrica, prevê o envio de estudantes de graduação dos campi Imperatriz e Monte Castelo, os quais vão cursar disciplinas em programa de mestrado no IPP e, ao retornar ao Brasil, devem desenvolver seus trabalhos de conclusão de curso (TCCs) e dissertação de mestrado alinhados com os estudos realizados em Portugal, com orientação conjunta de professores dos dois países. Ao concluir o processo, a estudante fará jus ao diploma de graduação de bacharelado em Engenharia Elétrica no IFMA e o de mestre em Engenharia Elétrica por parte do IPP, com validade na Europa e possibilidade de reconhecimento no Brasil.

Na sequência da programação, uma mesa redonda reuniu o reitor Carlos César Teixeira e os pró-reitores Rogério Teles (Pesquisa- Pós-graduação e Inovação), Carlos Alexandre Araújo (Extensão) e Maron Gomes (Ensino e Assuntos Estudantis). Referindo-se às ações específicas e conjuntas desenvolvidas pelas respectivas pastas, os gestores deram continuidade ao debate sobre mobilidade acadêmica internacional, com ênfase para o tema da dupla diplomação e a parceria entre o IFMA e os institutos politécnicos portugueses.

Os caminhos e possibilidades para o reconhecimento e revalidação de diplomas estrangeiros no Brasil foram a pauta para o debate mediado por Virgínia Freire (DIRI), com a participação virtual de Everton Félix, coordenador de Assuntos Binacionais do IFSul-Rio-Grandense (RS). À tarde, as discussões envolveram as bases legais para a dupla diplomação, sendo conduzidas por Maron Gomes (PRENAE) e André Luís dos Santos, docente do IFMA atualmente à frente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA). Zita Maria Almeida do Vale, professora coordenadora principal do Instituto Superior de Engenharia (IPP), fez apresentação abordando diagnósticos e perspectivas da mobilidade acadêmica internacional entre o Brasil e Portugal.

Na conferência de encerramento do Simpósio, Carlos Ramos (IPP) apresentou a temática de projetos multimpactantes, trazendo à audiência exemplos de iniciativas desenvolvidas na instituição em que atua. O palestrante teceu considerações sobre as habilidades pessoais e conhecimentos requeridos dos estudantes que pretendem se engajar com sucesso em programas de mobilidade internacional.

Lançamentos de livros

O 1° Simpósio de Internacionalização foi concluído com o lançamento de publicações que tratam de aspectos do processo de internacionalização do IFMA. De autoria de Vilton Soares, o volume “Ciência sem Fronteiras” aborda a língua francesa para fins de mobilidade acadêmica no IFMA, instituição que obteve o reconhecimento do governo francês como centro certificador e de aplicação de testes de proficiência no idioma. Quanto à obra “La Passion: an Innovation Oriented Network”, organizada pelos professores Natilene Mesquita Brito, Daniel Lima Gomes Júnior e Lígia Cristina Ferreira Costa, com a colaboração de coordenadores e estudantes com experiências relacionadas à iniciativa. Após o Simpósio, o livro teve lançamento na Reitoria.

registrado em:
Fim do conteúdo da página